Técnico mexicano reclama de arbitragem: 'Nos tiraram dois gols claros'

Seleção do México venceu os camaroneses por 1 a 0, em Natal, em partida válida pelo grupo A da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | Da Redação |

undefined

Se o técnico da Croácia, Niko Kovac, saiu na bronca com a arbitragem do japonês Yuichi Nishimura, que marcou pênalti duvidoso para o Brasil, o treinador do México, Miguel Herrera, também teve motivos para reclamar do árbitro Wilmar Roldán, da Colômbia. 

No duelo com Camarões, na tarde desta sexta-feira, o treinador mexicano reclamou da atuação do colombiano, que anulou dois gols legítimos de Giovani dos Santos. Para Herrera, o México merecia uma vitória elástica diante dos africanos. Eles venceram por 1 a 0, gol de Peralta. 

"Tiraram dois gols que foram claros. Pelo menos, no fim das contas tivemos de trabalhar, chegamos com três pontos para a próxima partida e com o ânimo elevado", destacou o treinador. 

Na partida na Arena das Dunas, em Natal, o México ganhou o apoio da torcida brasileira. No entanto, no próximo jogo, que será contra o Brasil, na próxima terça-feira, em Fortaleza, Miguel Herrera sabe que o cenário será completamente diferente. 

"Tivemos o apoio nesta tarde, mas sabemos que no seguinte vamos ser visitantes, mas vamos em busca da vitória", enfatizou. 

Aos torcedores mexicanos, Miguel deixou o recado, após a vitória na estreia. 

"Estamos mais animados do que nunca", completou.