Povo baiano prefere 'não ver' seleção brasileira de perto

Para que a seleção jogue na Fonte Nova nesta Copa, time tem que ser o segundo do grupo, mas torcedores querem o Brasil em primeiro

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

A única oportunidade de Salvador receber uma partida da seleção brasileira nesta Copa do Mundo é se o time de Luiz Felipe Scolari se classificar em segundo lugar do grupo A e eliminar o primeiro colocado da chave B nas oitavas de final. Somente assim, a Arena Fonte Nova será palco de um confronto da equipe verde-amarela, nas quartas de final do torneio.

Mas se engana quem pensa que o povo baiano está querendo que isso aconteça. O geólogo Carlos Henrique diz que brasileiro que é brasileiro torce para a seleção em qualquer situação, independentemente de qualquer ‘capricho’.

“Com certeza não queremos que o Brasil fique em segundo do grupo. Queremos que fique em primeiro e feche esta Copa com o título no Maracanã”, comentou o torcedor Carlos Henrique Reis.

A esposa Jaqueline compartilha da mesma opinião. “Gostaria de ver o Brasil, mas não nesta condição de ser o segundo do grupo. Que fique para uma oportunidade depois da Copa”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave