Fotógrafo ferido durante manifestação recebe alta nesta sexta-feira

O torcedor argentino que teve o dedo quebrado após três homens tentarem arrancar uma bandeira da mão dele também recebeu alta nesta sexta-feira

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Uarlen Valério
undefined

Recebeu alta no fim da manhã desta sexta-feira (13) o fotógrafo brasileiro Sérgio Morais, 52, da agência inglesa Reuters, que ficou ferido durante a manifestação em Belo Horizonte na tarde dessa quinta-feira (12). Ele teve traumatismo craniano leve após ser atingido por um objeto, provavelmente, uma pedra.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que o fotógrafo deu entrada no Hospital João XXIII, levado pela Polícia Militar. Na unidade, ele foi encaminhado para a sala de emergência e recebeu atendimento médico de enfermagem. Sérgio passou a quinta-feira no soro e fez exames de tomografia e raio-X.

Ele foi diagnosticado com um traumatismo craniano leve e corte na cabeça. Após ficar no ambulatório de neurologia nesta sexta e passar por outros exames, o fotógrafo foi liberado por volta de 11h50.

Sérgio foi ferido durante confronto entre manifestantes e policiais militares na praça da Liberdade, no bairro Lourdes, região Centro-Sul da capital, na quinta-feira. Ele não usava equipamentos de segurança. Ainda não se sabe se o objeto que o atingiu partiu de manifestantes ou de militares.

Outro ferido

Também nesta sexta-feira, por volta de 14h, recebeu alta o torcedor argentino Ruben Francisco Lucero, 34, agredido na noite da última segunda-feira por três homens que tentaram arrancar a bandeira da mão dele, no bairro Gameleira, na região Oeste da capital. Ele teve o dedo quebrado quando estava dentro de um carro com a mulher, um amigo, e a filha de 3 anos. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave