Seleção francesa faz treinos táticos para enfrentar Honduras na estrei

Equipe europeia não nega que espera dificuldades contra um time que possui bom porte físico

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Campeã do mundo em 1998, França, de Giroud (foto),voltará a passar pelo drama da repescagem
SITE OFICIAL/FIFA/REPRODUÇÃO
Campeã do mundo em 1998, França, de Giroud (foto),voltará a passar pelo drama da repescagem

A França vai usar os dois treinos que têm para fazer antes da estreia na Copa do Mundo contra Honduras, no domingo (15), em Porto Alegre, para aperfeiçoar o esquema tático. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (13) em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), o atacante Loic Remi confirmou a estratégia e disse que a seleção francesa tem "todas as vantagens" para enfrentar a seleção hondurenha. "Temos ainda dois treinos para refinar os detalhes finais. Pessoalmente, eu não fico pensando em como é estar em uma partida da Copa do Mundo, estou evitando colocar muita pressão em mim", disse Remi. O meia Blaise Matuidi disse nesta sexta que, além do jogo contra Honduras demandar preparo físico, é preciso preparo psicológico. Ele disse que os últimos dois treinos são importantes para certificar a confiança, conquistada nas últimas três semanas de preparação. Os jogadores e o técnico Didier Deschamps disseram, em entrevistas coletivas já concedidas, que esperam um jogo difícil contra Honduras, porque a equipe é conhecida por usar o porte físico dos jogadores para intensificar a marcação. Apesar da exigência física do jogo, Matuidi disse nesta sexta que não tem medo dos jogadores de Honduras. Os treinos acontecem nesta sexta-feira, em Ribeirão Preto, e neste sábado (14), em Porto Alegre. O treino em Ribeirão será às 16h desta sexta e, também, aberto ao público. Essa é a segunda vez que a França realiza um treinamento aberto ao público. O primeiro foi uma exigência da Fifa e foi acompanhado por 8.000 pessoas.

Para o segundo treino aberto, 12 mil ingressos foram distribuídos para escolas da cidade.