Pekerman evita polêmica sobre pênalti: 'há erros humanos'

Para treinador da Colômbia, técnicos e jogadores precisam colaborar para tornar arbitragem eficaz

iG Minas Gerais | Ricardo Corrêa |

Ao contrário de outros treinadores que foram ao ataque por conta do pênalti polêmico marcado para o Brasil na estreia contra a Croácia, o técnico argentino José Pekerman, comandante da Colômbia, preferiu destacar que acontecem "erros humanos". A imprensa de seu país foi uma das que mais atacou a marcação do árbitro japonês Yuichi Nishimura. O diário "Olé" chegou a falar de "roubo". Ele realçou que os treinadores precisam ajudar a resolver problemas relacionados à arbitragem, mas reconheceu que a Fifa também tem trabalhado nesse sentido. "Eu acho que até agora a Fifa de alguma forma tem buscado resolver esses momentos que causam polemica. No futebol há muitas situações que foram bem resolvidas, mesmo assim há algumas pendências. E os técnicos e o público sofrem muito quando acontece um erro crasso. Temos, então, que estar dispostos a colaborar, na medida do possível, para que a arbitragem seja mais eficaz. Para árbitro, para treinadores e jogadores é preciso ficar claro que há erros humanos".

Leia tudo sobre: colômbiacopa do mundomineirãojosé pekermancoletiva