Técnico da Colômbia esbanja confiança para a estreia

José Pekerman até lamenta ausência de Falcao García, mas garante que o time está forte

iG Minas Gerais |

Um dia antes da estreia contra a Grécia, no MIneirão, pela Copa do Mundo, o técnico argentino José Pekerman, que comanda a Colômbia, disse que tem uma expectativa "elevada" para esta Copa do Mundo. O treinador lembrou que o país volta ao Mundial depois de muito tempo e afirmou que o time tem capacidade para isso.

"Eu sinto que estamos bem para o jogo", resumiu, antes de minimizar os prejuízos da ausência do principal craque do país, o atacante Falcao García.

"Tivemos problemas, como toda família, mas lesões já ficaram para trás. Não vamos falar mais disso. Adoraria ter o Falcao na seleção, não posso negar. Mas estamos olhando para frente. E estamos fortes", enfatizou o treinador, antes de apontar quais as esperanças no time.

"Desde que a Colômbia conseguiu a classificação, foram poucas datas Fifa. Sabíamos que diante dos vários inconvenientes que foram acontecendo com alguns jogadores, começando com a lesão grave do Falcao (García, atacante do Atlético de Madri), tínhamos que seguir em frente. Nesta última fase temos que apostar com mais força em alguns jogadores que achamos que podem ser importantes. Um deles é o Victor (Ibarra, atacante), que foi muito bem", disse Pekerman, que também destacou Teofilo Gutiérrez.

O meio de campo Abel Aguillar realçou o quanto a primeira partida é importante para o time na luta para buscar o primeiro lugar do grupo.

"Estamos apostando tudo nesse jogo e depois vamos em frente", realçou Abel Aguilar, que deu a dimensão do momento em que vive prestes a jogar o Mundial.

"É como a primeira vez que você é convocado. A maioria já teve a oportunidade de compartilhar ou participar de Copa ou sub-20, mas queremos transmitir isso às pessoas. A paixão que temos quando vestimos a camisa da seleção", resumiu.

Leia tudo sobre: colômbiacoletivamineirãojosé pekerman