Natal enfrenta greve de rodoviários em dia de jogo da Copa

A paralisação começou por volta das 0h dessa quinta-feira (12) e a categoria pede reajuste salarial de 16%, além do aumento no valor do vale-alimentação para R$ 450 por mês

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Nesta sesta-feira (13), a capital do Rio Grande do Norte amanheceu com menos ônibus nas ruas. Rodoviários de Natal fazem paralisação parcial no dia em que a cidade receberá a partida entre Camarões e México pela Copa do Mundo. Cerca de 70% da frota circula normalmente após decisão judicial, mas com a greve, torcedores ainda terão que optar por táxi ou carro particular para ir à Arena das Dunas.

A paralisação começou por volta das 0h dessa quinta-feira (12), a categoria pede reajuste salarial de 16%, além do aumento no valor do vale-alimentação para R$ 450 por mês.

A Polícia Militar alerta que foi instalado o chamado 'perímetro Fifa' nos arredores da arena para que apenas veículos credenciados estacionem próximo ao local. De acordo com a prefeitura de Natal, caso os torcedores optem por carros de passeio, o estacionamento em torno da arena comporta cerca de 8 mil veículos. Já os que vão de táxi, as corridas ficam em torno de R$ 25, valor calculado com base em uma corrida entre a principal zona hoteleira da cidade e o estádio.

Além disso, a prefeitura montou um esquema especial para os jogos da Copa, chamado "shuttle". O sistema é composto de quatro linhas que fazem ligação entre o estádio e as áreas de estacionamento, e ainda atendem a região hoteleira e o local do Fifa Fan Fest.