Colombianos enfrentam ‘odisseia’ pela sua seleção

iG Minas Gerais |

CR7 sente dores em treino aberto da seleção portuguesa
Paulo Duarte/AP
CR7 sente dores em treino aberto da seleção portuguesa

A seleção da Colômbia desembarcou na noite dessa quinta em Belo Horizonte e foi recepcionada por cerca de 15 torcedores colombianos, que compareceram ao hotel localizado na região Noroeste da capital para tentar ver seus ídolos de perto. Enrolados na bandeira do país, eles enfrentaram o frio e a fina chuva na esperança de conseguir um autógrafo ou tirar uma foto com um dos jogadores. “Vale qualquer sacrifício para ver a nossa seleção de perto”, afirmou Alfer Quintero, 37.

Com ingresso garantido para o jogo de sábado, contra a Grécia, no Mineirão, Quintero e um grupo de amigos enfrentaram uma verdadeira maratona para vir ao Brasil acompanhar a Copa. Eles saíram de avião da Colômbia até o Panamá e de lá até Assunção, no Paraguai. Da capital paraguaia, eles seguiram de ônibus até Belo Horizonte.

“É a nossa primeira vez na capital mineira, e estamos muito animados. A seleção colombiana vem forte, e acredito que temos chance de fazer uma grande campanha”, afirmou a jornalista Matilde Hernandes, 33.

A delegação colombiana desembarcou na capital mineira com uma grande escolta policial e entrou no hotel por um acesso lateral. A Colômbia realiza na manhã desta sexta um treino de reconhecimento do gramado do Mineirão.

Assédio e dúvida cercam CR7 Portugal, que fará seu primeiro jogo contra Alemanha na próxima segunda-feira, fez um treino aberto, nessa quinta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O jogo, porém, ficou em segundo plano diante do assédio a Cristiano Ronaldo. Toda vez que o melhor jogador do mundo eleito pela Fifa tocava a bola, a torcida, com cerca de 6.000 presentes, gritava animada. O campo chegou a ser invadido por uma torcedora. Naiara Castro foi contida por seguranças antes de alcançar Cristiano Ronaldo, mas alcançou seu objetivo já que foi chamada de volta, sentou ao lado do português no banco de reservas, ganhou uma camiseta e tirou uma foto com o ídolo. Após o jogo, o português João Moutinho concedeu entrevista coletiva e disse que Cristiano Ronaldo está “quase 100%”. Mesmo assim, CR7 deixou o treino da seleção de Portugal com uma bolsa de gelo no joelho esquerdo, e com dores. Após temporada desgastante, Cristiano Ronaldo sofreu com lesões nos últimos jogos pelo Real Madrid e começou a treinar alguns dias depois de seus companheiros por precaução.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave