Confronto pelo sonho de uma segunda fase

iG Minas Gerais |

Bresciano é um dos atletas mais experientes da Austrália
ROB GRIFFITH/ASSOCIATED PRESS
Bresciano é um dos atletas mais experientes da Austrália

O primeiro ponto da Austrália em Copas do Mundo foi conquistado justamente diante do Chile, num empate sem gols, há 40 anos, no Estádio Olímpico de Berlim, na Alemanha. Depois de tanto tempo, as duas seleções voltam a se encontrar em um Mundial. A caminhada na edição 2014 começa na Arena Pantanal, em Cuiabá, às 19h desta noite.

Jogo com peso de partida eliminatória, pois os adversários do grupo B são Espanha e Holanda, os finalistas da última Copa do Mundo.

O Chile já perdeu o meia Matías Fernández durante a preparação para a Copa do Mundo e, até agora, o técnico Jorge Sampaoli não sabe se vai poder contar com Arturo Vidal nesse jogo de estreia.

O jogador da Juventus passou por uma artroscopia no joelho direito, no início de maio, e, embora tenha treinado nos últimos dias, não tem presença confirmada.

“Assistimos como o Chile joga, e eles tentam muito o gol durante o jogo. Temos que atacar para termos mais chances de vencer. Temos que nos preocupar primeiro conosco, mas também pensarmos em outros jogadores, como Sanchez e Vidal”, disse o australiano Tim Cahill.

A preocupação do atacante da seleção da Austrália ilustra bem a importância de Vidal para a equipe do país sul-americano.

Se a escalação do Chile ainda é dúvida por conta da presença de Vidal ou não, a escalação da Austrália é um mistério apenas por opção do técnico Ange Postecoglou, que tem somente quatro partidas no comando da seleção.

Ele assumiu o posto depois da demissão de Holger Osieck, que perdeu duas partidas por 6 a 0 no ano passado, para Brasil e França.

Apesar da troca, o rendimento da Austrália não melhorou muito. Com Postecoglou são duas derrotas, um empate e apenas uma vitória.

Até por conta disso, a preocupação atual é muito mais defensiva. “Jogamos muito ofensivos nos amistosos e fomos questionados pela defesa. Agora estamos mais focados na defesa”, resumiu Tim Cahill, que tem três gols em Copas do Mundo, dois em 2006 e um em 2010.

A partida, nesta sexta-feira, praticamente decide quem vai brigar com Holanda e Espanha pelas duas vagas nesse grupo B e os adversários desta noite já saberão o resultado do jogo que abre a chave, às 16h, em Salvador, entre Espanha e Holanda.

Torcida forte Mais de 52 mil ingressos foram vendidos para australianos. Sétimo país que mais comprou entradas para o Mundial, a Austrália conta com um torcedor especial. O ator Hugh Jackman, que interpreta o mutante Wolverine na série de filmes X-Men, postou uma foto com a camisa da seleção e uma mensagem de apoio aos jogadores. “Vamos lá, Aussies, vamos lá Socceroos”, escreveu o ator uma rede social. Jackman é nascido em Sidney e fã confesso de futebol. Inclusive, é possível que ele venha ao Brasil para o acompanhar o jogo entre Austrália e Espanha, marcado para o dia 23 de junho, na Arena da Baixada, em Curitiba. Outra dúvida é se a Austrália vai ter chances de classificação até lá.

Ingressos Apesar de a Austrália ocupar o sétimo lugar na lista de países que mais compraram ingressos para os jogos da Copa do Mundo de 2014, ainda é possível comprar entradas para o jogo de hoje, em quase todos os setores da Arena Pantanal. Entre as sete opções disponibilizadas pela Fifa, apenas dois setores do estádio estão esgotados para a partida desta noite, justamente os mais baratos, com entradas que custam R$ 60 e R$ 180. De acordo com o site da Fifa, a Arena Pantanal tem 39.859 lugares disponíveis para os torcedores. Já os chilenos, por estarem bem mais perto do Brasil, também devem marcar uma boa presença na capital baiana nesta sexta-feira, o segundo dia da Copa no Brasil.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave