Estudo prova que carne vermelha aumenta risco de câncer de mama

iG Minas Gerais |

O risco de câncer com carne é comparável ao do fumo
Pedro Vilela[CREDITO] / O TEMPO - 9.8.2006
O risco de câncer com carne é comparável ao do fumo

Boston, EUA. A carne vermelha é inimiga das dietas há algum tempo, mas agora cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, deram o alerta: o consumo do alimento pode aumentar a chance de se ter câncer de mama. Para chegar à conclusão, publicada nesta semana na revista britânica “BMJ”, os pesquisadores avaliaram desde 1991 a dieta de cerca de 88 mil mulheres norte-americanas com idades entre 26 e 45 anos.

O consumo delas variava entre nunca e mais de seis porções por dia. O estudo descobriu que o risco de se ter câncer de mama cai até 17% entre quem trocou a carne vermelha por peixes, frangos e vegetais.

O motivo do risco estaria ligado à divisão celular. Acredita-se que as proteínas da carne aceleram a divisão celular e o crescimento do tumor. Além disso, quando a carne vermelha é processada ainda há a ingestão de produtos químicos, como os nitratos, que já são classificados como prováveis cancerígenos. O estudo sugere que as mulheres abandonem o alimento enquanto jovens.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave