Alta culinária a céu aberto

De olho nos turistas e apaixonados por comida, o Gastronomia na Praça chega à segunda edição em novo endereço

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Do Glouton, a famosa papada de porco
gastronomia na praça / divulgação
Do Glouton, a famosa papada de porco

Termo cunhado nos anos 1980, a palavra inglesa “foodie” surgiu quase em tom pejorativo. Hoje, há quem a ostente com orgulho: são os apaixonados por comer bem – e além de serem bons de garfo, querem saber tudo sobre a comida, estudá-la, prepará-la, conhecer os melhores chefs. No fim de semana, um dos cartões-postais da capital mineira, a praça do Papa, vai receber um evento dedicado a eles, o Gastronomia na Praça.

Mais do que comida, entusiastas da música também terão vez. Os headliners desta edição são Zeca Baleiro, (no sábado, às 18h), e Tiago Abravanel (no domingo, às 18h). Baleiro já está na capital e participa hoje da divulgação do DVD “Calma Coração (leia mais na página 8). Já o neto de Silvio Santos vai passear pela música popular brasileira, com canções de compositores como Tim Maia.

Realizado pela primeira vez no ano passado, na praça Marília de Dirceu, o evento mais que dobrou de tamanho nesta edição e vai unir duas tendências fortes do universo gastronômico: a comida de rua e a alta gastronomia. Assim, restaurantes estrelados da cidade, como Vecchio Sogno, Trindade, Glouton e Xapuri terão barraquinhas oferecendo pratos a preço único, R$ 20. A organização espera atrair, por dia, 10 mil pessoas.

“Quisemos oferecer uma boa variedade de pratos, e as receitas estão muito criativas. Percorremos desde a culinária internacional, passamos pela brasileira contemporânea e chegamos até o regional, mineiro. E a seleção de restaurantes foi muito criteriosa, só participam os melhores”, afirma um dos organizadores, o empresário Marcelo Wanderley. Os outros dois produtores são Chistiano Rocco e Jordane Macedo.

Segundo Wanderley, os próprios chefs se envolveram na produção do evento, prestando consultoria de acordo com as necessidades de cada um. “Cada barraquinha é uma cozinha completa, com pia, água e toda a infraestrutura necessária. Criamos quase uma confraria com os chefs. Eles estão muito próximos da organização”, diz o empresário.

Neste ano, o formato ganhou novidades como a Arena Gourmet, uma feira que vai disponibilizar degustação e venda dos principais produtos mineiros, como cafés (Café Belloto), cachaça (Vale Verde), doces (Rancho Paraíso), queijos (De-Lá) e surpresas, como a Salumeria Chiari, que produz salames e outros embutidos na capital. Para amantes do vinho, será montado um winebar no espaço, pelo grupo Meet.

Famílias. No gramado da praça, haverá o espaço Pic Nic, com 400 toalhas para piquenique. “De lá, famílias poderão apreciar a refeição e a música, curtir e relaxar”, diz Wanderley. Neste local, haverá a oficina Chef Mirim Sandéleh, um workshop de culinária infantil ministrada pela chef Cidinha Lamounier. Para adultos, o caminhão-escola do Senac também estará estacionado na mesma área.

“No ano passado, a gente fez o primeiro evento como um laboratório. No dia da realização, já estávamos pensando no próximo. Agora está acontecendo o mesmo. A procura foi surpreendente, tanto de pessoas querendo ir, quanto de empresas e restaurantes que querem participar. Belo Horizonte precisava de um evento como esse. Sem exagero, teríamos público garantido para uma edição pensada para 50 mil pessoas. Desta vez, ainda não foi possível, mas, para as próximas, será”.

De olho nos cerca de 20 mil turistas que, segundo estimativa da Belotur, Belo Horizonte espera receber durante a Copa do Mundo, a organização do evento quer que o encontro seja um representante da cultura gastronômica mineira. Por isso, ingressos foram distribuídos em consulados, embaixadas e na rede hoteleira da cidade. “Queremos encantar o turista com nossa culinária e hospitalidade”, comenta Wanderley.

Exclusivo. Aos dispostos a pagar por serviços exclusivos, o Gastronomia na Praça também vai oferecer espaços fechados. Open bar, o iLounge será ambientado com pufs, sofás e música eletrônica. Já o Na Mata Café participa com um espaço com serviço “all inclusive”.

Dentro do evento, há ainda o espaço Cozinhe com o Chef, com workshops, degustações e harmonizações (vinhos e espumantes) com os chefs locais Carlos Pita e Ricardo Caputi. A Sandéleh trouxe a Belo Horizonte a chef Katia Gazel Lenti, do buffet paulista Katia Baiana Gastronomia Internacional.

Agenda

O QUÊ. Gastronomia na Praça

QUANDO. Amanhã e domingo, das 12h às 22h.

ONDE. Praça do Papa, Mangabeiras

QUANTO. As entradas para a parte aberta do evento estão esgotadas. Para os espaços exclusivos ainda há ingressos: camarote Na Mata Café, R$ 190 (feminino) e R$ 250 (masculino); iLounge, R$ 90 (feminino) e R$ 150 (masculino); Cozinhe com o Chef, R$ 120. Vendas no site www.contraldoseventos.com.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave