Opinião

iG Minas Gerais |

Tempo ruim para a saúde. Do setor de hemodiálise do Regional às unidades básicas de saúde, batizadas nesta edição de “unidades básicas de sofrimento”, as queixas da população se proliferam. No Teresópolis, os usuários não têm cadeiras, os bebedouros estão estragados, banheiros entupidos, e os médicos desapareceram.

Tempo ruim para moradores do Açude. Recentemente, eles ganharam mais um cemitérios em suas imediações, mas perderam aquilo de que mais gostavam: o campo de futebol. Resultado: protestos.

Tempo ruim para Vânia Esteves. Após substituir Gilmar Mascarenhas no papel de “supersecretária” foi novamente rebaixada. Agora, ela deve obediência ao novato Gustavo Palhares. O prefeito tenta dar um mínimo de qualidade a seu secretariado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave