Felipão rebate técnico croata e contesta possível favorecimento

Pênalti em Fred, que rendeu no segundo gol brasileiro tem rendido boas discussões

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

São Paulo (SP). O polêmico pênalti sofrido por Fred na segunda etapa da vitória do Brasil sobre a Croácia por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Itaquerão, também ganhou grande destaque na coletiva de imprensa do técnico Luiz Felipe Scolari. Irônico, o comandante da seleção não quis entrar em polêmicas, e apenas se limitou a dizer que a penalidade realmente existiu.

“Ele (Niko Kovac, técnico da Croácia) diz que milhares não viram pênalti. Mas o árbitro viu o pênalti e nós também achamos que foi pênalti. Eu vi o lance lá dentro umas 10 vezes e continuo achando que foi pênalti”, afirmou o comandante.

Apesar de ter falado isto, Felipão se sentiu incomodado ao saber de uma declaração bastante ousada de seu colega croata. Na tradução simultânea da Fifa, Kovac afirmou que se as arbitragens continuassem mantendo tais decisões equivocadas, a Copa do Mundo poderia virar um circo.

Eu não vou comentar. O Brasil tem só cinco títulos mundiais. Então quer dizer que foram cinco circos organizados para o Brasil ser campeão do mundo. Nunca tivemos jogadores como o Pelé, Garrincha, Jairzinho, Tostão, Ronaldo, Romário. Nunca tivemos um Neymar. Eu entendo a manifestação do meu colega. Agiria da mesma forma, se estivesse na situação dele. Mas não vejo favorecimento nenhum”, concluiu.