Manifestação contra gastos na Copa do Mundo termina de forma pacífica

Primeiro ato teve início às 10h, com manifestantes de diferentes movimentos, na praça do Campo Grande

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os protestos desta quinta-feira (12) em Salvador foram pacíficos e reuniram cerca de 80 pessoas, segundo a Polícia Militar (PM) da Bahia. Os manifestantes fizeram dois atos, um pela manhã e outro à tarde, e pretendem voltar às ruas nesta sexta-feira (13), quando Espanha e Holanda entrarão em campo, na arena da Fonte Nova, para o primeiro jogo das duas seleções na Copa do Mundo de 2014.

O primeiro ato teve início às 10h, com manifestantes de diferentes movimentos, na praça do Campo Grande. Depois do meio-dia, fizeram uma caminhada simbólica, fechando parte das vias, e em seguida atearam fogo em uma bandeira com o nome da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Os manifestantes encerraram o ato convocando todos para a concentração de amanhã. Entre as reivindicações, eles querem o fim das remoções e despejos, o fim da violência estatal e higienização das ruas do centro nas cidades-sede, garantindo à população em situação de rua políticas de acesso à alimentação, abrigo e higiene pessoal, como trabalho e assistência social.

Além disso, pedem a criação de campanhas de combate à exploração sexual e ao tráfico de pessoas nas escolas da rede pública, na rede hoteleira, nas proximidades dos estádios e regiões turísticas, bem como a desmilitarização da polícia e fim da repressão aos movimentos sociais.

O segundo ato aconteceu à tarde, próximo ao Shopping Iguatemi. De acordo com a PM, os manifestantes permaneceram no local a maior parte do tempo. Quando começaram a se deslocar em direção à orla e ao terminal rodoviário de Salvador, foram dispersados pelos policiais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave