Turistas enfrentam 'corredor' de obras para chegar a Fan Fest na BA

Torcedor holandês afirma que já esperava encontrar obras inacabadas do país

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Com a requalificação urbanística da Barra em andamento, parte do público que veio para a Fan Fest de Salvador teve que enfrentar um "corredor de obras" para chegar ao evento. A cerca de 600 metros do Farol da Barra, onde foi instalado o palco, grades metálicas cercam obras inacabadas na região do Porto da Barra -praia mais famosa da capital baiana. A área concentra a maior parte dos hotéis e albergues do bairro, fazendo com que dezenas de turistas tenham que percorrer o corredor de gradis para chegar à Fan Fest. Além dos gradis, máquinas como tratores e caminhões ainda estão estacionados na região. Secretário municipal de Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani afirma que as obras foram devidamente isoladas e não oferece riscos ao público. "Estamos monitorando toda a área e não identificamos nenhum problema no acesso do público à festa", afirma. O turista holandês Sander Van Der Sluis, 33, que veio para o Brasil com dois amigos para ver o jogo da Holanda na Fonte Nova, sentou em um bar a cerca de 50 metros dos gradis. Disse que ter obras em curso numa região turística "é um problema", mas não uma surpresa para ele: "Estamos no Brasil. Já imaginávamos encontrar obras inacabadas".