Dilma e FIFA são xingados por torcedores no Itaquerão

Assim que a cerimônia de abertura se encerrou, parte da torcida hostilizou presidente brasileira e entidade que organiza a Copa

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

São Paulo. Restando pouco menos de uma hora para a bola rolar no Itaquerão, a presidente Dilma Rousseff e a FIFA foi hostilizada por parte da torcida presente no estádio localizado na Zona Leste de São Paulo. Assim que a cerimônia de abertura do evento foi finalizada, foi possível ouvir gritos de "Ei, FIFA vai tomar no...".

Na sequência, os torcedores iniciaram gritos de "Ei, Dilma vai tomar no...". Os xingamentos duraram pouco tempo e foram aos poucos abafados pro cânticos de "Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor".

Para evitar vaias e protestos, a presidente Dilma Rousseff e o presidente da FIFA Joseph Blatter não farão sequer o pronunciamento oficial de abertura da Copa. O evento vem recebendo questionamentos em todo o país por conta dos altos gastos em estádios e obras de infraestrutura inacabadas e superfaturadas. 

Leia tudo sobre: Copa do Mundoseleção brasileiraDilmaBlatter