Por conta de quebra-molas, moradores de Betim fecham via por 4 horas

Atropelamentos seriam constantes na avenida Juiz Marco Túlio Isaac

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Cansados de presenciar atropelamentos causados pelo excesso de velocidade na avenida Juiz Marco Túlio Isaac, no bairro Laranjeiras, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, cerca de 200 moradores queimaram entulhos e impediram o tráfego na via por cerca de 4h desta quinta-feira (12). Por se tratar de uma via arterial,  trânsito na região ficou complicado. 

O protesto teve início às 11h, mas o Corpo de Bombeiros só foi acionado por volta das 13h para apagar as chamas. O trânsito só foi liberado às 15h20. O motorista de ônibus Élcio Martins de Oliveira, de 36 anos, foi um dos organizadores do movimento. "No domingo houve um atropelamento, hoje pela manhã um senhor foi atropelado e está mal no hospital. Cansamos de esperar e resolvemos fechar a avenida para pressionar a prefeitura para instalarem um quebra-molas na região", informou. 

A avenida é uma longa reta e, no local onde ocorrem os acidentes, surge uma curva. "Os motoristas aceleram muito e, quando chega na curva, eles não veem os moradores ou pessoas que fazem caminhada atravessando", explicou Oliveira. A curva está no encontro de três bairros, Laranjeiras, São Cristóvão e Teresópolis. 

"Estamos cansados de ver pessoas morrerem. Se não resolverem este problema, o objetivo é voltar a fechar a avenida e até protestar na porta da prefeitura", finalizou o morador. A Prefeitura de Betim foi procurada, porém, nenhum telefonema foi atendido.

Acompanhe os protestos pelo Brasil em tempo real clicando AQUI.