Jogo no Itaquerão terá esquema especial para a torcida

60 mil torcedores são esperados para o jogo de estreia do Brasil no Mundial

iG Minas Gerais | Da Redação |

Documentos apontam irregularidades de segurança na construção do Itaquerão
Reprodução/Facebook
Documentos apontam irregularidades de segurança na construção do Itaquerão

O jogo de abertura da Copa do Mundo entre Brasil e Croácia, nesta quinta-feira, no Estádio Itaquerão, em São Paulo, vai contar com um esquema especial para garantir a segurança e o conforto dos mais de 60 mil torcedores que são esperados para acompanhar a partida. A orientação para quem for ao estádio é que utilize o transporte público, especialmente os sistemas de metrô e trens, pois as principais vias que dão acesso ao estádio serão bloqueadas ao tráfego. Nenhum veículo sem credencial, inclusive táxis, poderá circular nas vias restritas. O acesso ao entorno da Arena será restrito a torcedores com ingressos, moradores cadastrados e veículos credenciados. As áreas de estacionamento, com 2.850 vagas, atenderão apenas a esses veículos (sobretudo ônibus e vans). Pessoas com deficiência e mobilidade reduzida podem solicitar o Serviço de Atendimento Especial (Atende), com transporte gratuito, porta a porta. Basta desembarcar na Estação Corinthians-Itaquera e se dirigir ao Terminal Urbano de Itaquera. Pagando a tarifa de R$ 3,00, os passageiros podem utilizar os trens da CPTM e o Metrô. É recomendável comprar os bilhetes com antecedência. 

Aeroportos. Na abertura do evento, a EMTU/SP oferecerá a linha expressa “Airport Bus Service”, com embarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos e desembarque na Arena de São Paulo, com saídas a cada 30 minutos, 7 horas antes e até 4 horas após as partidas. A viagem tem duração prevista de 30 minutos e a tarifa é de R$ 36,50 mais taxa de embarque de R$ 1,50. Uma linha de ônibus suburbana oferecerá transporte entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos e a estação Tatuapé do Metrô. A viagem tem duração estimada de 55 minutos e tarifa de R$ 4,45. A partir do Aeroporto de Congonhas, a SPTRANS opera a linha 609J-10 “Aeroporto – Metrô São Judas” (circular), com intervalo médio de 10 minutos e funcionamento durante todo o período do evento.

No estádio. A orientação para os torcedores é que cheguem cedo no Itaqueirão. Os portões serão abertos quatro horas antes do início do jogo. No estádio, os torcedores vão encontrar diversas opções de entretenimento, como estandes de patrocinadores com brindes e promoções, lojas oficiais, caixas eletrônicos e concessões de alimentação. O estádio contará com 246 lanchonetes e pontos móveis de comercialização de alimentos e bebidas. As pessoas vão passar por detectores de metais na entrada da Arena. O ideal é que as pessoas não levem mochilas e bolsas, para evitar lentidão nas filas. Objetos como armas, guarda-chuvas, instrumentos musicais, alimentos e bebidas são proibidos. Os detalhes sobre todos os objetos proibidos estão no Código de Conduta no Estádio

Atendimento. Os torcedores que compraram ingressos de categorias especiais, como idosos, portadores de necessidades especiais e beneficiários do Bolsa-Família, devem levar documento que comprove esta condição. Os demais torcedores também devem portar documento de identidade para o caso de o ingresso apresentar problemas na catraca. Nesta situação, o torcedor deve procurar o Centro de Resolução de Problemas, que fica localizado próximo à catraca e apresentar documento de identificação para a impressão de um novo ingresso. Os lugares no estádio são marcados. Caso outro torcedor esteja ocupando seu lugar e não queira deixar o local, deve-se procurar o voluntário da área de Serviços ao Espectador mais próximo e, posteriormente, um steward.

Cerca de 800 stewards e vigilantes patrimoniais estarão trabalhando na partida de abertura da Copa do Mundo. As forças de segurança pública estão posicionadas em pontos estratégicos do estádio, para atuar apenas em necessidade de pronta-resposta. A cerimônia de abertura da Copa começa às 15h15 e terá duração aproximada de 25 minutos. Cerca de 1.200 pessoas estão envolvidas no show, que será uma homenagem aos tesouros mais apreciados do Brasil: a natureza, as pessoas e o futebol. Cada um deles é representado artisticamente por personagens e adereços. O principal momento do show será a apresentação da música oficial da competição pelo rapper Pitbull, as cantoras Jennifer Lopez e Claudia Leitte e pelo Olodum.

Leia tudo sobre: Copa do mundosegurançabrasilcroáciaitaquerão