Homem estupra jovem e tenta usar sacolinha no lugar de preservativo

Vítima contou que está com depressão e saiu de casa durante a madrugada para espairecer; suspeito, que é casado, nega abuso e diz que já mantinha um relacionamento com mulher

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 29 anos foi preso, na manhã desta quinta-feira (12), suspeito de estuprar uma jovem em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas. Durante o abuso sexual, ele teria tentado usar uma sacolinha de lixo no lugar do preservativo.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher contou que sofre de depressão e, nesta madrugada, teria saído de casa para passear e espairecer. Na avenida Alferes Manoel Caetano do Nascimento, o suspeito parou o seu carro e, na versão da jovem, teria a arrastado para o banco traseiro do Gol.

Já na avenida João Pereira, ele parou o veículo e começou com os abusos. Ele teria introduzido dois dedos na vagina da mulher e, em seguida, praticado sexo oral. A vítima contou que, como percebeu que não teria como escapar do suspeito, resolveu não reagir.

Nesse momento, ela disse ao jovem que seria portadora de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e perguntou se ele não teria um preservativo. J.C.M foi até o porta-malas para buscar uma sacola ou um saco. Aproveitando a situação, a dona de casa saiu correndo e conseguiu pedir ajuda.

Após rastreamentos, a polícia conseguiu localizar o homem. Ele negou o crime e disse que, na noite dessa quarta-feira (11), a mulher ligou para a casa da sua mãe o convidando para sair. Os dois teriam um caso há cerca de um ano.

J.C.M foi ao encontro da jovem para dizer que terminaria o relacionamento porque era casado. Irritada com a decisão do “amante”, a dona de casa teria inventado a história. No momento em que foi abordado no carro, o suspeito apresentava sinais de embriaguez.

Sua carteira de habilitação foi apreendida e o homem encaminhado à delegacia de plantão da cidade. 

Leia tudo sobre: ESTUPROJOVEMSão Sebastião do Paraíso