Cortado da seleção, Montolivo lamenta lesão e garante torcida de longe

Meia fraturou tíbia durante um amistoso da Itália e diz que assistirá Copa do Mundo como um fã

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Após corte no Mundial, Montolivo troca mensagens, frequentemente, com italianos que estão no Brasil
Vivo Azzurra/Reprodução
Após corte no Mundial, Montolivo troca mensagens, frequentemente, com italianos que estão no Brasil

O meia Riccardo Montolivo viu seu sonho de disputar a Copa do Mundo no Brasil ir por água abaixo no dia 31 de maio. Em um amistoso da Azzurra com a Irlanda, o jogador, que tinha a confiança do técnico Prandelli e a braçadeira de capitão, se chocou com um zagueiro e quebrou a tíbia.

Em entrevista ao site Vivo Azzurro, o meia do Milan ainda tem bastante fresco na memória como tudo aconteceu. “Senti-me irritado e decepcionado. Eu imediatamente entendi que minha lesão era grave. Eu saí, eu tentei voltar para o campo e ouvi um 'crack'. Nesse exato momento eu sabia que o meu sonho da Copa do Mundo acabou. O momento mais difícil ainda estava por vir: no hotel, após o jogo, todos os meus companheiros de equipe e membros da equipe vieram me ver. Eu gostei muito. Chiellini veio na manhã seguinte também, agora ele escreve para mim todos os dias no Brasil. Muitos dos meus colegas também fazem isso”, conta o atleta.

Mesmo de longe e fora dos gramados, Montolivo garante que é fã de Copa do Mundo e não perderá nenhum jogo da Itália no Mundial deste ano, e ainda aproveitará a oportunidade para reunir amigos e beber cerveja.

“Vou acompanhar a Copa do Mundo como um fã, como em 1998, 2002 e 2006. Naqueles dias, eu costumava assistir aos jogos com os amigos, comer pizza e beber cerveja”, brincou.

Os palpites do jogador sobre quem são os candidatos ao título também não fogem muito do padrão. “Brasil, Espanha e Alemanha são os favoritos, e estamos no em pé de igualdade com a Argentina e Holanda”, conclui.

A Itália faz sua estreia na Copa do Mundo contra a Inglaterra, dois dias após a abertura oficial, na Arena Amazônia.

Leia tudo sobre: copa do mundo itáliamontolivoseleçãoseleção italianaazzurraamistosoprandellifraturatíbiacortecapitão