Fator “caseiro” em grupo tão equilibrado

iG Minas Gerais | Victor Martins |

Yves Logghe/AP
undefined

Nenhum outro grupo na Copa do Mundo de 2014 está tão igual como está o C. Apesar de a Colômbia ser a cabeça de chave, o favoritismo praticamente acabou com o corte de Falcao Garcia. Mas para superar a forte concorrência de Costa do Marfim, Grécia e Japão, os colombianos contam com a força da torcida. Foram mais de 54 mil entradas vendidas para os torcedores conhecidos como “Los Cafeteros”.

Empolgados com o retorno ao Mundial, a Colômbia não disputa desde 1998, e com a oportunidade de acompanhar uma Copa tão próxima de casa, os colombianos vão fazer com que os jogadores de José Pékerman se sintam em casa. Mas a equipe do treinador da Argentina no Mundial de 2006 tem muito mais do que isso. James Rodrigues, Fredy Guarin, Adrian Ramos e Jackson Martinez são uma prova da força do elenco da Colômbia.

O primeiro desafio vai ser a Grécia, que conquistou a Europa dez anos atrás e aqui no Brasil vai repetir a mesma fórmula. É o time todo fechado, jogando por uma bola, seja no contra-ataque, escanteio ou uma falta. O estilo de jogo grego não vai encantar nenhum torcedor brasileiro, mas pode ser eficiente e fazer a seleção de Fernando Santos chegar até as oitavas de final pela primeira vez na história

Com Droga e Yaya Touré, a Costa do Marfim pode até não ter favoritismo dentro do grupo. Mas tem pressão, pois vai jogar a Copa do Mundo pela terceira vez seguida, e as campanhas anteriores não foram boas. Se em 2006 e 2010 nem sequer passou da primeira fase, em 2014 o grupo não pode servir mais como desculpa. Argentina e Holanda estavam no caminho dos marfinenses na Alemanha, enquanto Brasil e Portugal foram os algozes há quatro anos.

Entre os quatro participantes do grupo C, o Japão é o que tem a pior colocação no ranking da Fifa (é o 46º colocado). Se nas duas últimas Copas do Mundo o Japão não conseguiu passar de fase, o fato de estar em uma chave tão equilibrada aumenta as chances da equipe asiática.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave