Campeão não vai ter vida fácil

iG Minas Gerais | Victor Martins |

Kathy Willens/AP
undefined

Atual campeã do Mundo, a Espanha chega ao Brasil também como uma das seleções favoritas ao título. Porém, a vida dos atuais detentores da Copa do Mundo não vai ser nada fácil. Só para começo de conversa, a primeira partida vai ser diante da Holanda, logo a seleção batida por Iniesta e cia na final do Mundial disputado na África do Sul.

Não bastasse ter de estrear logo com um grande duelo europeu e que já foi final de Copa do Mundo, a Espanha ainda tem o Chile na segunda rodada. É claro que os espanhóis têm mais time e podem até não ter dificuldades para superar os chilenos. Mas diante dos resultados da primeira rodada, os sul-americanos podem estar numa posição bem mais confortável, já que estreiam diante da Austrália.

Além do mais, Espanha e Chile é outro confronto que teve há quatro anos, em Joanesburgo. O jogo foi pela última rodada da primeira fase, e os europeus venceram por 2 a 1. Mas não foi nada fácil, já que o chilenos jogavam pelo empate para terminar a fase de grupos na liderança. Com o resultado, a Espanha avançou em primeiro e empurrou o Chile para o caminho do Brasil.

Pelo sorteio, o jogo marcado para o dia 18, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pode definir novamente o adversário brasileiro nas oitavas de final. Em 2010 o Chile não foi problema, já que o Brasil venceu por 3 a 0. Já a Espanha não suportou o ritmo brasileiro na final da Copa das Confederações do ano passado e também sucumbiu diante da camisa canarinho.

Pode ser até mesmo a Holanda, logo a seleção que bateu o Brasil por 2 a 1 nas quartas de final na África do Sul. Praticamente certo mesmo é que não vai ser a Austrália. Para quem já está com medo de aranhas no hotel, ter de passar por Iniesta, Xavi, Sneijder, Van Persie, Robbenn, Sánchez e Vidal não vai ser nada fácil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave