A um dia da estreia, Vidal é dúvida na seleção do Chile

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Incerteza. Vidal só será escalado pelo técnico Jorge Sampaoli se reunir as condições ideais no jogo de estreia da Copa
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Incerteza. Vidal só será escalado pelo técnico Jorge Sampaoli se reunir as condições ideais no jogo de estreia da Copa

Uma das principais novelas que rondam a Copa do Mundo, antes mesmo de seu início, é a do volante Vidal, da seleção chilena. A dúvida quanto ao aproveitamento ou não do jogador na estreia da “La Roja” no torneio, contra a Austrália, às 19h desta quinta, pelo grupo B, continua. A esperança do departamento médico da equipe sul-americana é que o meio-campista, ao menos, atue por alguns minutos. Mas nem mesmo isso é o bastante para dar alívio aos “hinchas” chilenos.

Os torcedores do time de Jorge Sampaoli e também a imprensa do Chile temem que Vidal participe do Mundial longe das condições físicas ideais e que vá jogar no sacrifício, o que pode acarretar uma lesão de alto grau ao volante, que passou por uma cirurgia no joelho direito em maio deste ano.

Os chilenos não querem que aconteça aquilo que ocorreu com o atacante Humberto Suazo no Mundial de 2010, na África do Sul. O avante se recuperava de um estiramento na perna esquerda quando começou a Copa e não teve boas atuações nas vezes em que entrou em campo.

O goleiro Bravo, porém, esbanja otimismo na recuperação plena de Vidal e não concorda com quem traça um paralelo entre os problemas físicos do volante e de Suazo. “Não acho que haja similaridades. São lesões distintas e jogadores distintos. Penso que Arturo (Vidal) está preparado para fazer o melhor Mundial possível”, afirmou o arqueiro.

O meio-campista participou normalmente do treino técnico na manhã dessa quarta, na Toca II. “Se ele (Vidal) estiver em condições, jogará. Como todo mundo, ele quer jogar o Mundial”, comentou o volante Medel.

O médico da seleção chilena, Giovanni Carcuro, prega cautela. “Ainda não dá para falar se ele jogará ou não (a estreia). Mas não há inflamação, não há retrocesso. Ele está evoluindo no dia a dia”.

Uruguaio confia no peso da camisa O Uruguai fez nessa quarta à tarde seu segundo treino na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Forlan, com uma indisposição intestinal, não foi a campo. Nesta quinta à tarde, os jogadores vão para Fortaleza, onde, no sábado, a Celeste Olímpica estreia na Copa contra a Costa Rica, velha conhecida dos comandados de Oscar Tabárez. “Los Ticos” foram os rivais do Uruguai na repescagem para o Mundial de 2010. Na oportunidade, o Uruguai venceu a Costa Rica e terminou a Copa entre os quatro primeiros. “É um rival que merece todo o nosso respeito, mas nós sabemos o que precisamos fazer para conseguir um resultado positivo”, afirmou o meio-campista Cristian Rodríguez. Campeão espanhol e vice da Liga dos Campeões pelo Atlético de Madrid, o jogador destaca que o Uruguai ganhou o respeito dos adversários. “A boa fase de vários jogadores em seus clubes somada ao passado vitorioso de nossa seleção serão importantes para que possamos ter esse respeito dos nossos adversários”, ressaltou. O atacante Luiz Suárez, que faz tratamento intensivo, não deve ter condições de enfrentar a Costa Rica. “Já ganhamos partidas decisivas sem ele em campo”, ressaltou Tabárez.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave