Edital do Rodoanel neste mês

Trecho de nova rodovia pretende retirar 60 mil veículos do Anel Rodoviário de Belo Horizonte

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

O edital de construção do Rodoanel Norte será publicado ainda neste mês. O anúncio foi feito nessa quarta pelo governo de Minas Alberto Pinto Coelho (PP) durante inauguração dos novos acessos ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves. Também foi divulgada a construção de uma rodovia alternativa entre a capital e o terminal, criando uma rota de fuga caso ocorra fechamento da via por causa de manifestações.  

O Rodoanel Norte terá 66,7 km e está orçado em R$ 4 bilhões, que serão custeados em uma parceria público-privada. “Como o processo de licitação termina no período chuvoso, as obras devem começar apenas no ano que vem”, explicou o secretário estadual de Transportes e Obras Públicas, Fabrício Sampaio. A previsão do secretário é a de que a obra fique pronta em quatro anos.

A rodovia ligará os municípios de Betim e Sabará (próximo ao distrito de Ravena, na BR–381), passando pelas cidades de Contagem, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, São José da Lapa, Vespasiano, Santa Luzia e Lagoa Santa, todas na região metropolitana de Belo Horizonte.

Inicialmente, o investimento total será coberto pela empresa vencedora da licitação, que arcará com os custos de construção, operação e manutenção. O retorno financeiro será feito pelo Estado por meio de abatimento de impostos e recolhimento de pedágios, ainda sem valores definidos. Serão 30 anos de concessão. Segundo Sampaio, os estudos econômicos serão finalizados ainda nesta semana, e o edital ainda pode sofrer alguns ajustes.

A previsão é que 60 mil veículos troquem o Anel Rodoviário pela Rodoanel Norte, diariamente. As vias Sul e Leste no Rodoanel serão de responsabilidade dos governo federal e municipal de Belo Horizonte, respectivamente. Ambas estão em fase de elaboração dos projetos, que devem ser entregues até o fim deste ano.

Confins. Foram entregues nessa quarta as obras de revitalização das rodovias LMG–800 e MG–424, que contornam o aeroporto de Confins. A primeira passou a ter três faixas em cada sentido da rodovia, três novos viadutos próximos ao aeroporto e uma passagem de acesso à gruta Lapa Vermelha. O custo foi de R$ 206,5 milhões.

Já a MG–424 teve 16,5 km de intervenções que permitiram que a estrada passasse a ser um novo acesso ao aeroporto para quem vem da região de Lagoa Santa e de Pedro Leopoldo. As obras, orçadas em R$ 131,5 milhões, começaram em junho do ano passado. Foram construídos um viaduto e três novas passarelas.

Proibição

Limite. O DER-MG proibiu a circulação de veículos pesados nas rodovias estaduais próximo à região metropolitana durante o período de Copa do Mundo. Há exceção para cargas de combustíveis.

DER estuda rota de fuga para manifestações O Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER-MG) estuda rota alternativa para quem vai de Belo Horizonte ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves. O desvio seria na MG–010, antes da Cidade Administrativa, no bairro Serra Verde, na região de Venda Nova, e passaria pela cidade de Santa Luzia, na região metropolitana. A rota poderá ser usada como “fuga” em caso de manifestações que fechem a rodovia, como a dos professores estaduais na última semana, que reteve o tráfego por cinco horas. “É um projeto que ainda está sendo desenvolvido”, explicou o diretor geral do DER/MG, José Elcio Monteze. O edital deve ser publicado no segundo semestre.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave