Zagueiro celeste sonha com mais gols e títulos

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Reconhecimento. Bruno Rodrigo agradece oportunidade que recebeu no Cruzeiro desde que chegou
DENILTON DIAS / O TEMPO
Reconhecimento. Bruno Rodrigo agradece oportunidade que recebeu no Cruzeiro desde que chegou

Após um ano e meio de Cruzeiro, o zagueiro Bruno Rodrigo passou de desconhecido para um dos principais jogadores da equipe celeste. Além de se mostrar eficiente na marcação e nos desarmes, conquistando uma vaga na equipe titular desde que chegou, o defensor, na atual temporada, tem se destacado pelos gols – seis em 2014 –, alguns deles decisivos.

Com mais três anos de contrato com a Raposa, o camisa 4 não quer ficar apenas com os títulos do Brasileiro de 2013 e com o Mineiro de 2014. Ele espera continuar comemorando conquistas, quer vencer a Libertadores e seguir gravando o seu nome na história do Cruzeiro.

O jogador, que veio do Santos como uma incógnita para o torcedor celeste, agradece a oportunidade que recebeu na Raposa para mostrar o seu valor em campo. “As pessoas não me conheciam muito. Joguei na Portuguesa por seis anos, depois fui para o Santos, onde fiquei mais três anos e era reserva. Jogava um jogo ou outro. Mas eu sempre acreditei no meu trabalho. Graças a Deus tive essa oportunidade de vir para o Cruzeiro e jogar. Sei que preciso melhorar em muitas coisas, mas espero estar sempre evoluindo como jogador”, disse.

O zagueiro revelou que é uma novidade o fato de ser um zagueiro artilheiro. “Sempre fiz alguns gols de cabeça, desde a época da Portuguesa. Mas este começo de ano foi, sem dúvida, um dos melhores da minha carreira. Foram gols em jogos decisivos, o que os torna ainda mais importantes”, declarou.

Bruno Rodrigo disse que mantém sempre o foco maior em defender. Mas, se tiver a oportunidade, ele espera continuar balançando as redes adversárias. “A minha prioridade, como sou zagueiro, é defender e evitar que nosso time sofra gols. Procuro tentar fazer de tudo para que a gente saia sem levar gols e para que tenhamos uma das melhores defesas. Mas claro que, quando tiver a oportunidade, vou lá na frente tentar fazer mais gols”, concluiu. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave