Srna já tem a fórmula para parar Neymar: "vou trancá-lo no hotel"

Experiente capitão croata diz estar acostumado com o estilo de jogo do país do futebol e até brinca com o fato de ser o marcador do camisa 10 brasileiro

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

São Paulo. Um dos duelos mais aguardados no encontro entre Brasil e Croácia, partida que abre a Copa do Mundo nesta quinta-feira, é a habilidade de Neymar ante a força física do capitão croata Darijo Srna.  Atuando no Shakthar Donetsk (UCR) desde 2003, o jogador está ambientado ao estilo de jogo do país do futebol. Questionado sobre um estudo mais aprofundado das características do camisa 10 brasileiro, Srna foi um tanto que irônico.

“Se eu não puder fazer mais nada, eu tranco a porta dele (Neymar) no hotel”, brincou. “Eu o respeito muito, mas o Willian, por exemplo, também é muito bom. Não, eu não recebi nenhum DVD com jogos dele (Neymar) e nem estou o estudando. O Brasil possui reservas que podem entrar na partida e mudar a história do jogo. O Neymar é humano e eu também sou humano”, afirmou Srna.

O capitão ainda lembrou o confronto com os brasileiros na Copa do Mundo de 2006. Na ocasião, ele foi um dos que estiveram em campo na complicada vitória da seleção brasileira por 1 a 0. De acordo com Srna, os croatas, desta vez, tentarão fazer um milagre.

“Joguei contra Ronaldinho e Kaká e perdemos de 1 a 0. Nós temos bons jogadores e podemos surpreender. Não é porque somos bonitos que estamos aqui”, disse. “Nós vamos jogar contra os melhores do mundo e sempre existem as zebras. É por isto que o futebol é interessante. Vamos tentar fazer um milagre”,  concluiu.