Croácia libera apenas 15 minutos de treino na véspera da estreia

Treinador Niko Kovac tem dúvida para escalar a equipe; meia Mocinic foi cortado nesta quarta-feira por lesão

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

Adversária do Brasil na abertura da Copa do Mundo, a Croácia liberou apenas 15 minutos de acesso da imprensa ao campo do Itaquerão nesta quarta-feira. Diferentemente do Brasil, que deixou que atividade fosse registrada pelos jornalistas, o técnico croata Niko Kovac usou-se da prerrogativa da Fifa para manter o mistério quanto à equipe que joga.

Nos treinos de vésperas das partidas, a seleção só precisa liberar o treino por um quarto de hora. Neste tempinho, deu para ver pouca coisa. O treinador reuniu os jogadores para um papo no círculo central e, depois, o treinamento foi apenas físico.

Nesta quarta-feira, a Croácia teve mais um jogador cortado da competição. O meia Mocinic teve uma lesão no tornozelo e será substituído por Badelj, reconvocado depois de ser cortado também por ter se machucado.

A Fifa está avaliando a troca de jogadores. Mas, como Mocinic já voltou para o seu país, a Croácia treinou apenas com 22 jogadores no Itaquerão. Antes, outros quatro jogadores tinham sido cortados: Mate Males, Ivan Strinic, Niko Kranjcar e Ivo Ilicevic precisaram ser substituídos.

Para a estreia desta quinta-feira, a Croácia também não conta com uma de suas principais peças. Mandzukic não enfrenta o Brasil por estar suspenso por causa de expulsão na repescagem das Eliminatórias. 

Outra baixa croata, neste caso, para todo o Mundial, é o zagueiro Simunic, que não poderá disputar a competição após ser suspenso por dez partidas por ofensas nazistas.

Leia tudo sobre: Copa do MundoCroácia