Morador pinta "Pare" em esquina após um ano pedindo ação da BHTrans

Segundo ele, esquina é perigosa e alvo de diversos acidentes; depois de esperar por um ano pela intervenção da BHTrans e não obter resposta, ele resolveu fazer com as próprias mãos

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Como não teve as solicitações atendidas pela BHTrans, morador decidiu pintar o
WEBREPÓRTER/ WILLIAN RIBEIRO
Como não teve as solicitações atendidas pela BHTrans, morador decidiu pintar o "Pare" na rua de casa

Depois de um ano pedindo à BHTrans para sinalizar a rua Conselheiro Aloysio Costa, no bairro Jardim Vitória, na região Nordeste de Belo Horizonte, por causa do risco de acidentes no local, um morador decidiu pintar com as próprias mãos a palavra “Pare” na via, com a ajuda de um vizinho.

O servidor Willian Ribeiro, 31, conta que fez o formato das letras em um molde de folhas de caderno. “Para não ficar muito diferente eu pesquisei na internet, o formato certinho antes de fazer. Comecei a fazer usando uma régua o tamanho que eu via nas ruas, cerca de 1,5 metro. Com a forma pronta, esticamos na rua e o vizinho emprestou a tinta. Arrumamos uma tábua também, pra alinhar direitinho aquelas linhas amarelas”, explicou.

Segundo ele, a rua onde mora é um morro, e os motoristas, para não terem que mudar a marcha, sobem a via em alta velocidade. “Já cansei de ver colisão nessa esquina, os motoristas entram sem nem saber se alguém vai descer ou subir. E nós, que temos a preferência por estarmos em nossa via, temos que reduzir a velocidade ou parar o veículo. Se não, todo dia a gente mata ou morre por causa da imprudência de alguns motoristas”, disse Willian.

O morador contou que só tomou a providência com as próprias mãos após passar um ano fazendo a solicitação à BHTrans, por e-mail e pelo 156. Ele ainda pretende arrumar uma placa de “Pare” para colocar na esquina e complementar a sinalização. “Por coincidência, três dias depois que pintamos a rua, várias outras ruas do bairro apareceram pintadas pela BHTrans”, finalizou.

A BHTrans informou que, nestes casos, a solicitação é avaliada e, se necessário, implementada. A assessoria da empresa também informou que pinturas em ruas costumam ser o complemento das placas de sinalização e que, as solicitações podem ser melhor atendidas e as avaliações melhor direcionadas, caso os cidadãos formalizem mais as necessidades de determinadas vias. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave