Pirlo anuncia aposentadoria da Itália após a Copa

Experiente meio-campo da Azurra prefere dar espaço para jogadores mais jovens

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Muso da Itália
Flickr/Divulgação
Muso da Itália

Principal referência da Itália, o meia Pirlo, 35, afirmou que seu time tem condições chegar à final e anunciou que não pretende mais jogar pela seleção italiana depois da Copa do Mundo. "Quando jogo, é apenas para vencer. Não me contento em chegar às oitavas. Somos um time muito competitivo e daremos o máximo para atingir este objetivo", disse Pirlo, que acaba de renovar com a Juventus por mais dois anos. Campeão mundial na Copa de 2006, Pirlo demonstrou confiança com o confronto contra a Inglaterra, no sábado (14), em Manaus. Depois de dizer que se trata de um "grande time", afirmou que "sabemos como enfrentá-los, a Itália sempre jogou bem nos jogos contra a Inglaterra". Questionado sobre os favoritos, mencionou Espanha e Brasil, mas lembrou que "a Copa é sempre cheia de surpresas". Pirlo disse também que não pretende mais atuar contra a Azzurra. "É inútil continuar, tem de dar espaço aos outros", disse o meia, que participa de sua quarta Copa. JUVENTUS A Juventus anunciou nesta quarta-feira (11) a renovação de contrato de Pirlo até 30 de junho de 2016. "A fantástica história de Andrea Pirlo com a camisa alvinegra continua", comemorou o comunicado divulgado no site oficial do clube. Contratado em maio de 2011, depois de ser dispensado do Milan, Pirlo ajudou a Juventus a conquistar três títulos do Campeonato Italiano. Nesse período, o jogador atuou em 131 partidas e marcou 14 gols, sendo peça importante do time dirigido por Antonio Conte.