Esquadrão antibombas fecha Itaquerão e atrasa entrada de funcionários

Vistoria já estava marcada e fez com que alguns trabalhadores entrassem no local três horas depois do horário previsto

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Vinte mil corintianos compareceram ao Itaquerão neste sábado
Vinte mil corintianos compareceram ao Itaquerão neste sábado

O esquadrão antibombas do Exército brasileiro fechou por quase três horas o Itaquerão na manhã desta quarta-feira (11) para procurar explosivos no estádio em que acontecerá a abertura da Copa do Mundo nesta quinta (12), entre Brasil x Croácia. A vistoria já estava marcada, é praxe em eventos deste porte, já que nesta quinta vários chefes de Estado estarão em São Paulo acompanhando o início do Mundial. A ação, entretanto, impediu a entrada de funcionários de restaurantes e seguranças no estádio. "Era para eu entrar às 6h para ficar a postos, mas só pude acessar o estádio quase às 9h", disse um dos seguranças privados contratados pela Fifa, que pediu para não ter o nome publicado. Isso atrasou o início do funcionamento de restaurantes, como o da imprensa, por exemplo. Houve demora também na entrega de materiais que seriam usados em alguns setores. Na revista da entrada de jornalistas e funcionários, não havia a bandeja de plástico para colocar celulares e metais para passar pelo raio-x. Os funcionários improvisaram caixas de papelão.