Cristiano Ronaldo chega ao Brasil com cartaz de 'meu namorado te ama'

De forma inusitada, estudante pediu que craque português tirasse uma foto com seu companheiro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Astro português esteve perto da Juve, mas
Reprodução/Facebook
Astro português esteve perto da Juve, mas "caminhão de dinheiro" do United mudou a história

Com cerca de 200 torcedores e duas horas de atraso, a seleção portuguesa chegou ao Brasil por volta das 12h desta quarta-feira (11) pelo aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas (a 93 km de SP). Portugueses que moram há décadas no Brasil e que vieram ao país só para a Copa do Mundo, além de brasileiros fãs de Cristiano Ronaldo, tentaram, em vão, um contato com os jogadores portugueses. Entre a multidão, um cartaz se destacava: "CR7 [Cristiano Ronaldo], meu namorado te ama! Por favor, tire uma foto com ele!". A estudante de educação física Maísa Ughetti, 21, gastou R$ 70 para tentar sensibilizar o craque português, o melhor jogador do mundo. "É nosso aniversário de namoro, e eu quero dar esse presente para ele", disse Maísa, ao lado de Douglas Klaitr, 22. "Isso [dizer que o namorado ama o português] é exagero dela, eu só o admiro", defendeu-se Douglas, também estudante de educação física. Eles vieram de Indaiatuba, cidade vizinha a Campinas e ao aeroporto, para ver o jogador português. "Exagero nada. Ele tem mais fotos do Cristiano Ronaldo no computador do que minha", atacou Maísa. "É porque eu conheço ele há mais tempo que ela", contemporizou o rapaz, que disse ser fã do jogador português dentro e fora de campo. "Falam que ele é marrento, mas ele faz várias boas ações". ATRASO E SEGURANÇA A seleção portuguesa desembarcou por volta do meio dia no aeroporto, que está com as obras de ampliação atrasadas e ainda não inaugurou o seu novo terminal de passageiros, previsto para maio. Após desembarcar na pista do futuro terminal -a única parte da ampliação que já está pronta-, a seleção portuguesa saiu por volta das 13h por um portão lateral do aeroporto -o mesmo local utilizado pelas seleções de Costa do Marfim, Japão e Argélia, que desembarcaram em Viracopos nos últimos dias. "Nós, portugueses, queremos recepcionar Portugal", disse Albano Calvão Deira, 65, que mora há 40 anos no Brasil e veio de São Paulo com um irmão e um amigo acompanhar a chegada dos conterrâneos. "Viemos para recepcionar, mas não vai dar", resignou-se o amigo José Gonçalves, 45, que há 35 mora no Brasil e ainda carrega o sotaque quase intacto. "Eles deveriam passar no desembarque. É um excesso de segurança que não precisa", criticou. SEGUNDA CHANCE Portugal e Nigéria - que chegou na madrugada de terça (10) ao Brasil, mas desembarcou em Guarulhos - ficarão hospedados em Campinas. Enquanto a seleção africana treinará no Brinco de Ouro da Princesa, estádio do Guarani, os lusitanos utilizarão o CT reformado da Ponte Preta. Maísa e Douglas conseguiram ingresso para acompanhar o treino aberto da seleção portuguesa, que será realizado na quinta às 10h30 no Moisés Lucarelli, estádio da Ponte. Os 7.000 ingressos disponibilizados ao público acabaram em cinco minutos e 46 segundos, segundo a Prefeitura de Campinas. As 2.200 entradas do treino aberto da Nigéria, que serão no Brinco de Ouro, acabaram em ainda menos tempo: cinco minutos. "Vou levar o cartaz", afirmou a confiante namorada de Douglas. "Se o Cristiano Ronaldo ver o cartaz hoje e amanhã também, a gente tem mais chance de conseguir a foto". E se conseguirem? "Vai ser o melhor presente", disse Douglas. "E a capa do 'feice' [Facebook]".