Escolas promovem dia verde-amarelo na véspera da estreia da seleção

Vários colégio de Belo Horizonte têm último dia letivo do primeiro semestre nesta quarta-feira e incentivam alunos a vestir as cores do Brasil antes da abertura do Mundial

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro |

Crianças foram incentivadas a trocar o uniforme do dia a dia por camisas com as cores do Brasil no último dia de aula
Werrepórter/Felipe Ribeiro
Crianças foram incentivadas a trocar o uniforme do dia a dia por camisas com as cores do Brasil no último dia de aula

Demorou, mas parece que finalmente o clima de Copa aparece em Belo Horizonte. Muitas ruas já estão decoradas, várias bandeiras do Brasil já aparecem nas janelas e, como não poderia deixar de ser, a criançada entrou na onda e vai fazendo a festa.

Para a maioria das escolas da capital mineira, esta quarta-feira representa o último dia letivo do semestre, uma vez que anteciparão e prorrogarão as férias de julho para o período de 30 dias durante o Mundial. Por conta disso, foi dia de vestir as cores do país, no chamado "dia verde-amarelo".

Várias instituições de ensino liberaram que crianças e jovens trocassem os uniformes do dia a dia por camisas em homenagem e na torcida pelo Brasil na competição que vai começar. Alguns foram com o traje da seleção, outros com roupas que lembrassem a bandeira nacional.  

Além disso, os estudantes também abusaram dos apitos, das cornetas, dos tambores e deram aos colégios o clima de alto astral que sempre acompanhou as Copas ao longo dos anos. Para quem ainda tinha dúvida, a criançada mostrou que vai ter Copa e que vai aproveitar muito para comemorar a bola rolando pelos campos brasileiros.

Leia tudo sobre: Copa do MundoescolascolégiosBelo HorizonteBrasil