Ponta Mari espera repetir bons momentos pelo Molico-Nestlé-SP

Jogadora retorna para o time que lhe abriu as portas no início de carreira

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Mari espera ter mais tempo de quadra pelo time de Osasco
RAFAEL ZITO - DIVULGAÇÃO
Mari espera ter mais tempo de quadra pelo time de Osasco

A ponta Mari foi, finalmente, apresentada no Molico-Nestlé-SP. A jogadora, que atuou na última temporada pelo Banana Boat-Praia Clube, não teve o rendimento esperado pelo time de Uberlândia, e espera que pelo time de Osasco sua participação seja mais eficaz.

Ela não escondeu a felicidade por retornar à equipe que lhe deu importantes oportunidades no início da carreira.

"Estou muito feliz de voltar ao clube que fui revelada e me consagrei como atleta profissional. A expectativa é a melhor possível porque é um lugar que sempre gostei de jogar. Foram sete anos jogando em Osasco e me sinto em casa", revela a atleta.

Antes do Praia, Mari jogou pelo Fenerbahce-TUR, onde machucou o joelho e teve que passar por cirurgia. O retorno aconteceu pela equipe de Uberlândia, mas a falta de ritmo de jogo ficou evidente. A expectativa é que ela continue evoluindo em um time que terá vários compromissos.

"Será uma temporada longa, com muitos jogos e campeonatos e precisamos nos manter bem o tempo inteiro. Acho que tem tudo para dar certo a formação deste novo time e venho para ajudar e fazer o meu melhor em quadra. Chego com o objetivo de conquistar títulos e seguir crescendo como jogadora", comenta.

Mari estará ao lado do técnico Luizomar, que pode lhe ajudar a voltar para a boa forma que lhe rendeu vaga na seleção brasileira.

“Outro motivo que me deixa feliz nesta volta é poder trabalhar com o Luizomar, que é um técnico que sempre admirei. Além de um profissional muito competente, ele é um cara muito bacana”, elogia Mari.

Ela também comentou sobre a felicidade de reencontrar uma torcida que sempre lhe deu apoio. “Estou voltando para casa. A torcida já me conhece e sabe como eu sou. Sou mais séria, todo mundo sabe do meu jeito, mas sempre que alguém vier falar comigo vou estar pronta para atender e conversar. Prometo dar o meu melhor dentro de quadra”, indica.