Jornais ingleses criticam obras ainda em andamento em Manaus

Britânicos se preocupam com projeto inacabado e até gramado é alvo de comentários negativos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Arena Amazônia receberá quatro jogos durante a Copa do Mundo de 2014
Divulgação
Arena Amazônia receberá quatro jogos durante a Copa do Mundo de 2014

A Inglaterra não ficou nada satisfeita ao saber que teria que jogar no norte do país e teria que enfrentar altas temperaturas, em um clima completamente do seu habitual. No entanto, os ingleses também tem agora uma preocupação mais urgente: as obras na Arena Amazônia ainda não terminaram e aparentemente não tem hora marcada para se encerrar. Isso porque só faltam três dias para o estádio receber seu primeiro jogo.

Os tradicionais tablóides britânicos, acostumados à pontualidade e à organização, mostraram bastante indignação e usaram seu característico tom crítico para comentar a situação.

"Dentro e do lado de fora dos vestiários, cabos de força desencapados podem ser vistos pendurados nas paredes", aponta o The Guardian. O The Telegraph também não perdoou. "Várias portas de segurança ainda estão embaladas e esperam pela instalação no setor no qual um operário morreu", comentou.

O estado da gramado também preocupa. Segundo o The Guardian, pessoas que estiveram lá dentro afirmaram que a arena está bastante funcional, mas segue inacabado. “O gramado parece seco e com falhas, com linhas amarelas cruzando o campo. Segundo testemunhas que estiveram no estádio nesta semana, o campo é bem funcional, mas não está completamente concluído”, diz o jornal.

"Roy Hodgson e o time da Inglaterra viajam para Manaus na quinta-feira, e todos já estão preocupados sobre o modo com que os jogadores irão reagir ao clima quente e úmido da Floresta Amazônica. O estado da arena apenas irá impor mais dificuldade ao jogo", conclui o The Guardian.

A primeira partida a ser realizada no local é no sábado, quando Inglaterra e Itália se enfrentam às 19h, pelo grupo D.