Produtor de Serra do Salitre vence concurso

José Baltazar da Silva produz queijo minas artesanal do cerrado há 25 anos

iG Minas Gerais | Da Redação |

A comissão julgadora teve oito integrantes e avaliou os queijos com os critérios: apresentação, cor, textura, consistência, paladar e olfato
Alexandre Soares/Divulgação
A comissão julgadora teve oito integrantes e avaliou os queijos com os critérios: apresentação, cor, textura, consistência, paladar e olfato

O produtor José Baltazar da Silva, do município de Serra do Salitre, região do Alto Paranaíba, venceu a sétima edição do Concurso Estadual de Queijo Minas Artesanal. A premiação dos vencedores aconteceu nessa quinta-feira (05/06), no parque de exposições Bolivar de Andrade, em Belo Horizonte, durante a abertura oficial da 54ª Exposição Estadual Agropecuária. Essa foi a primeira vez que o produtor participou da disputa.

José Baltazar produz queijo minas artesanal do Cerrado há 25 anos. A atividade é a principal fonte de renda da família. Por dia, na queijaria dele, são produzidos cerca de 80 quilos da iguaria. “No ano que vem vou participar de novo do concurso e espero ter uma boa colocação novamente”, afirmou José Baltazar.

O segundo classificado na disputa foi o produtor Wellington Carlos Viana, do município Cruzeiro da Fortaleza. Em terceiro lugar ficou Marcos João Bispo, do município de Rio Paranaíba. Vanderley Araújo da Lomba, do município de Serra Azul de Minas, foi o quarto colocado. E Maurício Alves de Oliveira, de Rio Paranaíba, ficou em quinto lugar. Entre os cinco primeiros colocados, apenas o quarto classificado produz queijo minas artesanal do Serro. Todos os outros produzem queijo da região do Cerrado.

O Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal foi uma das atrações da 54ª Exposição Estadual Agropecuária. O objetivo é estimular a produção com qualidade, divulgar e valorizar o queijo minas artesanal. Participaram da disputa 30 produtores cadastrados no IMA. Eles foram classificados após vencerem os concursos regionais do queijo minas artesanal nas seis regiões identificadas como produtoras tradicionais da iguaria.

A comissão julgadora teve oito integrantes. Os queijos foram avaliados de acordo com os critérios: apresentação, cor, textura, consistência, paladar e olfato. “O concurso promove a melhoria continuada do produto, a interação entre as regiões, divulgação da qualidade do queijo minas artesanal e apresenta para o consumidor da capital o 'verdadeiro' queijo minas artesanal”, diz o coordenador técnico estadual da Emater-MG, Albany Árcega.

Queijo Minas Artesanal

De acordo com a Emater-MG, as seis regiões produtoras de queijo minas artesanal (Serro, Canastra, Araxá, Campo das Vertentes, Cerrado e Triângulo Mineiro) têm 9.789 produtores, que são responsáveis por uma produção de cerca de 29.897 toneladas de queijo por ano. A Emater-MG orienta os produtores sobre adequações das queijarias, currais e anexos, obtenção higiênica do leite, tratamento de água, controle sanitário do rebanho, boas práticas agropecuárias, boas práticas de fabricação e exigências da legislação vigente. A Empresa também exerce um papel importante na mobilização e organização dos produtores.

Leia tudo sobre: José Baltazarqueijo minascerradoconcursoSerra do Salitre