Pimenta deverá ter mais tempo que Pimentel na TV

Dezenove partidos confirmam apoio ao PSDB em Minas Gerais

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda, Larissa Arantes e Raquel Gondim |

União. A realização de convenções de outros partidos junto a do PSDB de Minas não foi coincidência
DENILTON DIAS / O TEMPO
União. A realização de convenções de outros partidos junto a do PSDB de Minas não foi coincidência

As lideranças do PSDB que votaram durante a convenção estadual do partido, realizada ontem, em Belo Horizonte, foram favoráveis à chapa formada por Pimenta da Veiga (PSDB) para a disputa ao governo de Minas e Dinis Pinheiro (PP) na vaga de vice. O nome de Antonio Anastasia (PSDB) foi aprovado para a corrida ao Senado. Um total de 476 tucanos referendaram por unanimidade o apoio, mas cerca de mil delegados da legenda tinham direito a voto, incluindo representantes dos diretórios, deputados estaduais e federais.

Também foram confirmadas as adesões da maioria das legendas à candidatura de Pimenta da Veiga (PSDB) ao governo de Minas. Apesar de Pimenta contar com 19 siglas aliadas – um leque muito maior do que o que apoia Fernando Pimentel (PT) –, a diferença de tempo entre tucanos e petistas no horário eleitoral gratuito não será tão grande. Enquanto Pimenta deve ter em torno de oito minutos, Pimentel sairá com cerca de seis minutos.

Ontem foi a vez de legendas como DEM, PTdoB, PTB e PV confirmarem a adesão ao projeto tucano. PP, DEM e PSD fizeram suas convenções no Minas Tênis Clube, mesmo local usado pelo PSDB, e também referendaram a parceria. Esses aliados se juntaram às lideranças tucanas no momento em que foi anunciada a decisão dos delegados do PSDB pela definição da chapa encabeçada por Pimenta.

Já o PROS foi o único partido aliado aos petistas a fazer sua convenção ontem. Segundo o presidente da sigla, o deputado federal Ademir Camilo, a aliança com o PT será ratificada no sábado durante a convenção do PMDB.

Deputados. PTB e PROS definiram o número de candidatos para o Legislativo. O PTB lançará 65 nomes para deputado estadual e 24 para federal.

Já o PROS irá entrar na disputa com 20 candidatos para a Assembleia e dez para a Câmara Federal.

PHS

Indefinição. O PHS, que até o momento está na lista de aliados dos tucanos, estuda a possibilidade de lançar um nome próprio ao governo do Estado. A convenção da sigla será no dia 29.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave