Caixa com serpentes e jabutis é interceptada pelos Correios em BH

A encomenda saiu de Governador Valadares e tinha como destino a casa de um jovem no bairro Padre Eustáquio, na capital; nem o remetente e nem o destinatário foram encontrados pela polícia

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Eles foram descobertos após a caixa passar pelo raio-x dos correios em BH
DIVULGAÇÃO/ PM DE MEIO AMBIENTE
Eles foram descobertos após a caixa passar pelo raio-x dos correios em BH

Em uma embalagem de presente, quatro filhotes de serpente e um jabuti foram enviados pelos Correios de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, à Belo Horizonte. A encomenda passou por Valadares mas foi interceptada na capital, após funcionários dos Correios detectarem os animais pelo raio-x, nesta terça-feira (10).

Segundo o sargento Helton Luís Pires, da Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente de Belo Horizonte, o remetente é um homem morador do bairro Esplanda, em Governador Valadares, e o destinatário seria um jovem morador do bairro Padre Eustáquio, região Noroeste da capital.

Nenhum dos dois foi encontrado pela polícia para prestar os esclarecimentos, mas na casa do destinatário, a mãe disse não saber sobre o envolvimento do filho com animais da fauna silvestre.

“A gente suspeita que o crime pode estar relacionado ao tráfico de animais, mas também pode ser enquadrado como maus tratos, já que os animais, todos filhotinhos ainda, as serpentes recém-nascidas, estavam encarcerados em um caixa pequena e sem nenhuma ventilação”, disse o sargento Helton.

Os animais foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Estadual de Florestas de Belo Horizonte. O caso será investigado pela polícia especializada de meio ambiente.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave