Colombianos já estão em BH para acompanhar sua seleção

Torcedores fizeram longa viagem, saindo de Cúcuta e passando por mais cinco cidades antes de chegar a Belo Horizonte

iG Minas Gerais | Ricardo Corrêa |

Torcedores da Colômbia saíram de Cúcuta no sábado para acompanhar a seleção do país
Torcedores da Colômbia saíram de Cúcuta no sábado para acompanhar a seleção do país
Quatro dias antes da estreia da Colômbia diante da Grécia, no pontapé inicial do Mineirão nesta Copa, os torcedores de "Los Cafeteros", como são conhecidos os jogadores do time sul-americano, já estão presentes em Belo Horizonte. E alguns deles aproveitaram para já irem se familiarizando com o local da partida.  Os colombianos passearam pelo entorno do Mineirão, fizeram fotos do estádio e mostraram confiança, apesar da ausência do grande craque do time, Falcao García, cortado por lesão. Para o estudante Carlos Otero, o engenheiro de sistemas Fabian Cote e o  comerciante Mario Peñalosa a viagem foi cansativa. Afinal, eles saíram de casa no sábado e só chegaram no Brasil na noite de segunda-feira. O périplo para seguir a Colômbia começou em Cúcuta, cidade onde moram. De lá, foram de avião para Bogotá e depois para Leticia, na fronteira com o Brasil. A travessia entre os países foi o único trecho feito de carro, até Tabatinga, no Amazonas.  Dali, outro voo, agora para Manaus, depois outro para Brasília, dali para São Paulo e, por fim, o desembarque em Confins na noite da chegada dos vizinhos argentinos e uruguaios. Sete cidades depois, cá estão eles para uma missão: ajudar a Colômbia a avançar, pelo menos até as quartas de final. É o que eles enxergam como possível. Esbanjam confiança mas, perguntados se o grupo com Costa do Marfim, Japão e Grécia é fácil, tratam de mostrar respeito: "Fácil não é. O Japão é sempre difícil", destacou  Mario Peñalosa.  Carlos Otero explica que imagina o time passando em primeiro do grupo para encarar o segundo de B. Talvez, a Itália, que impõe respeito mesmo em fase ruim: "Itália é sempre grande", reconhece. Ainda assim, acha possível avançar até pegar o Brasil nas quartas de final: "Aí já não sabemos mais se dá", diverte-se.   A sequência da viagem A próxima parada dos colombianos é em Brasília. Ainda sem conseguir passagem aérea, planejam ir de carro, no domingo (15). Lá vão acompanhar a seleção de seu país contra a Costa Rica, na quinta-feira (19). No dia seguinte, pegam estrada novamente, agora para Cuiabá, onde o time joga na terça-feira, dia 24 de junho.   O time Sobre a ausência de Falcao García, eles dão de ombros. Enumeram os jogadores que farão diferença. No meio-campo, James Rodríguez, do Monaco da França, Juan Guillermo Cuadrado, da Fiorentina da Itália. No ataque, Teófilo Gutiérrez, do River Plate, da Argentina.