Marcelo Oliveira analisa mudanças no elenco e nega saída de Dedé

Treinador do Cruzeiro vê alterações como necessárias para manter alto nível da equipe e buscar o tetra do Brasileirão

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE/GUILHERME GUIMARÃES |

WASHINGTON ALVES/VIPCOMM
undefined

Apesar de ter conquistado o Campeonato Brasileiro de 2013, ter mantido a maior parte de seu elenco para esta temporada e liderar o Brasileirão de 2014, o Cruzeiro segue atento aos bons jogadores que surgem no mercado. Mesmo com o elenco qualificado e recheado de bons nomes, a Raposa fez algumas mudanças, emprestando alguns atletas, dispensando outros, e contratando reforços. Mudanças consideradas necessárias, conforme explica o técnico Marcelo Oliveira.

“A gente trocou alguns jogadores. Achamos que era importante o Elber sair e jogar mais. É um jogador muito bom, mas precisa pegar maturidade. O Martinuccio acabou saindo e chegaram alguns reforços. O Manoel eu já havia indicado (em 2013). É um jogador muito bom. O Cruzeiro seguirá forte. Além do plantel qualificado, vamos trabalhar para manter o nível de apresentações em campo”, declarou.

O treinador negou que a contratação do zagueiro Manoel, ex-Atlético-PR, seja um indício da saída do zagueiro Dedé. “Não necessariamente (significa que o Dedé vá sair). Ele já teve outras propostas e o próprio jogador não quis deixar o clube. O Cruzeiro, neste momento, tem um ambiente tão bom que os jogadores não querem sair. Isso é formidável. É dentro desse espírito que a gente espera disputar o segundo semestre, se possível, obtendo o mesmo desempenho do ano passado”, disse.

O comandante da equipe estrelada considera fundamental a montagem e a manutenção de um elenco de qualidade semelhante para seguir na busca de títulos. Além disso, a concorrência acirrada por posições, de acordo com Marcelo Oliveira, é um importante combustível para a motivação dos atletas. “Ninguém querer sair do time, o que acaba formando um grupo forte. Estimulamos o pessoal a estar sempre trabalhando. Conquistar o bicampeonato seria maravilhoso, especialmente para o torcedor do Cruzeiro”, concluiu o treinador.

Marlone. Apesar da insistência do Santos em levar o meia-atacante Marlone, a Raposa não pretende se desfazer do jogador. O próprio Marlone, que curte folga no Rio de Janeiro, afirmou que quer ficar em BH.

Leia tudo sobre: CruzeiroRaposareforcosMarcelo Oliveiraanaliseelenco