Estrela da seleção croata relativiza presença de Neymar

Modric vê outros nomes importantes no Brasil e diz que, se Croácia sair na frente no placar, dificilmente sofrerá uma virada

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

REAL MADRID/ DIVULGAÇÃO
undefined

O meio-campista Luka Modric, estrela da seleção croata, relativizou nesta terça-feira (10) o destaque dado por imprensa e torcedores ao atacante brasileiro Neymar. As duas equipes se enfrentam nesta quinta-feira (12), na abertura da Copa.

Perguntado como sua seleção vai tentar parar Neymar, do Barcelona, o jogador do Real Madrid afirmou: "Muitos times já pararam ele, e o Brasil não é apenas Neymar. Estou certo de que vamos pará-lo, temos uma defesa muito boa".

Modric disse ainda que "ele é um jogador muito bom, não teve uma boa temporada pelo Barcelona, mas quando joga pelo Brasil parece diferente".

O jogador da Croácia, apesar da habilidade para armar jogadas, também é responsável pela marcação. "Quem vencer a batalha no meio de campo provavelmente vencerá a partida", disse. O brasileiro Eduardo da Silva, naturalizado croata, também apresentou um discurso confiante nesta terça.

"A Croácia pode ser uma grande surpresa, especialmente se marcarmos o primeiro gol. Será difícil para o Brasil recuperar, porque a nossa defesa é muito boa, especialmente contra grandes seleções", disse Silva.

Como o companheiro Olic no dia anterior, o atacante naturalizado também citou a possibilidade de encontrar espaços na defesa brasileira.

"Daniel Alves e Marcelo são jogadores-chave para o Brasil. Jogam avançados e voltam para marcar. Estamos estudando para ver como podemos aproveitar isso", afirmou. Eduardo pode entrar como titular contra a seleção brasileira, pois o atacante principal, Mandzukic, está suspenso (foi expulso no último jogo das Eliminatórias).

O brasileiro disse que o time titular é um "segredo" e que não poderia falar se entrará jogando. O favorito para a vaga é Jelavic, que é forte e atua mais centralizado no ataque, características semelhantes às de Mandzukic.

Eduardo é mais leve e joga mais pelo lado do ataque. Na tarde desta terça, a seleção croata faz o último treinamento na Bahia antes de embarcar para São Paulo, local do jogo de estreia. O trabalho será totalmente fechado à imprensa.

Leia tudo sobre: croáciaseleção croatamodricjogoseleção brasileiraaberturagolmeio-camponeymar