Aneel aprova aumento nas tarifas residenciais da Energisa Minas Gerais

O reajuste de 5,8% foi aprovado nesta terça-feira (10) pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e começa a valer a partir de 18 de junho

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Salgado. Reajuste da Cemig pesou para o setor industrial e elevou a média da tarifa brasileira
Daniel de Cerqueira/O Tempo
Salgado. Reajuste da Cemig pesou para o setor industrial e elevou a média da tarifa brasileira

A distribuidora de energia elétrica Energisa Minas Gerais, que atende 407 mil residências em 66 municípios de Minas e do Rio de Janeiro, poderá aumentar as tarifas dos consumidores em 5,8%. O reajuste aprovado nesta terça-feira (10) pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) começa a valer a partir de 18 de junho. Para indústrias e consumidores de alta tensão, o aumento aprovado foi de 3,75%.

Nova Friburgo

Os consumidores residenciais atendidos pela distribuidora Energisa Nova Friburgo terão um aumento de 13,66% na conta de luz. A empresa atende 96 mil residências e comércios no município de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. O reajuste, aprovado nesta terça-feira (10) pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) começa a ser aplicado em 18 de junho. Indústrias e consumidores de alta tensão terão aumento menor, de 7,94%.

Leia tudo sobre: EnergiaEnergisaAneelAumentoReajusteElétricaMinas GeraisRio de JaneiroNova FriburgoBrasil