Na região, aumento foi de 192,4%

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

O uso excessivo de automóveis não é só um problema para os moradores da capital. Nas cidades vizinhas, enquanto o número de passageiros subiu 19,6% em uma década, a quantidade de pessoas que passaram a optar pelo automóvel cresceu 192%. O auxiliar administrativo John Cleibe Ferreira, 29, é um exemplo. Ele mora em Sabará, na região metropolitana, e trabalha no bairro Belvedere, na região Centro-Sul da capital.  

Cansado do aperto dentro do ônibus, Ferreira preferiu se apertar com o salário para comprar um carro. “Eu pegava dois ônibus e levava uma hora e meia no trajeto, sendo 40 minutos parado, em um ônibus lotado. Hoje, gasto 20 minutos. O conforto não tem comparação”.

O plano de mobilidade estadual, em desenvolvimento pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de BH, também prevê medidas como incentivo ao transporte não motorizado e redução de emissão de poluentes. Esse plano vai direcionar as ações de outros municípios. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave