Prefeitura de Juiz de Fora oferece reajuste de 6,5% para professores

Categoria deve se reunir ainda nesta terça-feira (10) para discutir a proposta e decidir os rumos da paralisação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A prefeitura de Juiz de Fora apresentou nesta segunda-feira (9) uma nova proposta para os professores municipais em greve. Durante a décima reunião entre representantes do governo e do Sindicato dos professores (Sinpro), foi oferecido um reajuste salarial de 6,5% para todos os servidores a partir de maio, além de 6,42% correspondentes aos meses de janeiro a abril de 2014, que serão pagos em parcela única em agosto de 2014, em cumprimento à Lei do Piso. Categoria deve se reunir ainda nesta terça-feira (10) para discutir a proposta e decidir os rumos da paralisação.

A administração garantiu também o calendário da Seleção Competitiva Interna para a carreira de secretário escolar, cujas inscrições terão início em julho e homologação com previsão para março de 2015. Ao final da seleção, os servidores da carreira poderão ter um acréscimo de até 50% no valor do vencimento. A PJF informou também o novo valor do Adicional de Formação dos Professores contratados, de R$ 175,00, além de R$ 750,00 referentes à Ajuda de Custo para Valorização do Magistério (ACVM) e R$ 240,00 do Adicional Anual de Incentivo ao Magistério (AAIM).

“A proposta apresentada nesta segunda-feira representa um grande avanço em relação ao que foi apresentado inicialmente à categoria, reforçando o compromisso e a valorização desta Administração em relação ao Magistério e todas as demais categorias”, destacou a secretária de Administração e Recursos Humanos, Andréia Madeira Goreske.

Participaram do encontro, ainda, os titulares das secretarias da Fazenda, Fúlvio Albertoni, de Planejamento e Gestão (Seplag), Elizabeth Jucá, de Educação, Weverton Vilas Boas de Castro, e de Comunicação Social, Michael Guedes, e representantes da categoria.