Bandidos estouram caixa eletrônico em Goiás e são presos em Ituiutaba

Três pessoas foram presas e outras três continuam sendo procuradas pela polícia; parte do dinheiro roubado foi recuperado

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Parte do dinheiro recuperado ficou parcialmente destruído pela explosão
POLÍCIA MILITAR / DIVULGAÇÃO
Parte do dinheiro recuperado ficou parcialmente destruído pela explosão

Após explodirem um caixa eletrônico do Banco do Brasil na cidade de São Simão, em Goiás, uma quadrilha de assaltantes foi cercada pela Polícia Militar (PM) de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, e acabou capotando o veículo usado por eles na fuga, no fim da madrugada desta segunda-feira (9). Dois deles foram detidos após o acidente e outros três fugiram para um matagal localizado já na zona urbana da cidade, e seguem sendo procurados pela corporação, que conta com o apoio de um helicóptero vindo de Uberlândia. 

Segundo as informações da assessoria de imprensa do 54º Batalhão da PM, durante a madrugada a polícia goiana avisou do assalto, ocorrido no município que fica próximo à divisa, e que os assaltantes estavam fugindo em direção à Ituiutaba pela BR-365. Quando visualizaram o cerco montado pela PM mineira, a quadrilha tentou desviar, mas acabou capotando o veículo, um Chevrolet Astra preto, roubado há pouco tempo em Uberlândia, cidade da mesma região. 

Dois dos assaltantes fugiram em direção à um bairro da cidade, sendo presos instantes depois pela polícia. Já outros três evadiram em direção à uma mata e, até o momento, seguem sendo procurados pela polícia. O helicóptero Pegasus, da PM de Uberlândia, foi deslocado para auxiliar na procura pelo trio.

Com a dupla detida, foram apreendidas duas armas de fogo, e parte do dinheiro furtado, que ainda não foi contabilizado pela corporação. Ainda não há confirmação de qual cidade veio a quadrilha, porém, por usarem um carro roubado de Uberlândia, suspeita-se que sejam de lá. O veículo roubado foi rebocado e os detidos levados para a Delegacia da cidade.

Ajudante local

Ainda conforme a PM, a quadrilha parece ser bastante organizada, já que contavam com um ajudante local para dar apoio na fuga. Enquanto os militares estavam no local do acidente, um veículo chegou com um homem dirigindo. Segundo a PM, por saberem que se tratava de um morador da cidade envolvido com a criminalidade, ele acabou sendo abordado. 

Após diálogo, a polícia descobriu que o jovem havia sido acionado pela quadrilha para auxiliar no restante da fuga após o capotamento. Ainda conforme a PM, ele possui uma extensa ficha criminal.

Leia tudo sobre: ituiutabacaixa eletrônicoexplosãogoiássão simãobr-365