Mais de 500 casos de dengue já foram confirmados em Juiz de Fora

Secretaria de Saúde divulgou novos dados nesta segunda-feira (9); último LIRAa apontou índice de 7,1%; não há data para novo levantamento

iG Minas Gerais | Da redação |

A prefeitura informou que vem realizando mutirões de limpeza contra a dengue desde abril
PMMG/DIVULGAÇÃO
A prefeitura informou que vem realizando mutirões de limpeza contra a dengue desde abril

A Secretaria de Saúde de Juiz de Fora divulgou, nesta segunda-feira (9), os dados atualizados da dengue na cidade. Até agora são 726 notificações de dengue, das quais 573 foram confirmadas, 116 descartadas e 37 aguardam resultado. A zona Norte é a mais afetada, com 188 notificações e 183 casos confirmados. O bairro com mais casos é o Jardim Esperança.

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação de Aedes aegypti (LIRAa), divulgado em fevereiro, apontou infestação de 7,1% - número sete vezes maior que o recomendado pelo Ministério da Saúde. O levantamento deve ser feito a cada três meses e o novo resultado deveria ter sido divulgado em maio. Mas o novo LIRAa de Juiz de Fora ainda não foi informado. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, cronograma do novo levantamento está em fase de finalização e a divulgação de uma nova data deve acontecer nas próximas semanas.

Vila Mello Reis

O bairro Vila Mello Reis, também na zona Norte da cidade, foi o mais afetado de acordo com o último LIRAa. A dona de casa Fernanda Santos mora próximo a um terreno onde está depositada uma grande quantidade de entulho. Ela disse que toma os cuidados, mas conta que as visitas dos agentes de endemias não acontecem desde o início de abril, quando ocorreu, também, segundo ela, a última coleta do lixo da dengue.

“Muitas pessoas têm sujeira nos terreiros. Acho que tinha que ter um fiscal batendo nas casas e olhando os terreiros, agindo e explicando mais, porque tem gente que não entende”, opinou.

Para a dona de casa Françoar Djenifer Amaral, falta fiscalização e conscientização dos moradores. Ela disse que há muito lixo nas ruas e algumas casas funcionam como verdadeiros atrativos para o mosquito. No bairro, todos conhecem alguém que já teve dengue.

“Tem muita gente pegando dengue, inclusive meus familiares. Minha irmã pegou pela quinta vez. Nós ajudamos do jeito que podemos”, afirmou.

Sobre a questão do lixo acumulado nos bairros, a Secretaria de Saúde informou que realizou mutirões de limpeza contra a dengue em toda as regiões da cidade desde o dia 1º de abril. Foram recolhidas 859 toneladas de resíduos sólidos com o “Mutirão de Limpeza Contra a Dengue”, das quais 200 toneladas saíram da zona Norte. A pasta também ressaltou que está planejando a realização de novos mutirões.

Leia tudo sobre: dengueministério da saúdemutirãojuiz de fora