Em BH, Marina Silva confirma apoio a Apolo Heringer para governo de MG

Ela também descartou a possibilidade de ser candidata a presidência no lugar de Eduardo Campos e disse que está trabalhando para a candidatura própria no Estado

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA/ ISABELLA LACERDA |

A candidata a vice Presidência da República pela chapa do PSB Marina Silva, esteve em Belo Horizonte para as comemorações da Semana do Meio Ambiente e falou com a imprensa nesta segunda-feira (9), no Mercure Hotel, no bairro Lourdes, na região Centro-Sul da capital.

Ao debater sobre a questão interna da candidatura, Marina disse que apoia o nome do ambientalista Apolo Heringer ao governo de Minas pelo PSB. Ela também disse que junto ao pré-candidato à Presidência Eduardo Campos trabalhapara a candidatura própria em Minas. “Além da Rede aqui no Estado, o PSB também tem defendido a candidatura própria”. Ainda segundo ela, a definição que precisa ser dada é só em relação ao nome que será candidato ao governo.

Marina também disse que espera que o PSB de São Paulo reveja a decisão de apoiar Geraldo Alckmin e que decida pela candidatura própria, se não os integrantes da Rede em São Paulo não irão subir no palanque do PSDB. Além disso, Marina acredita que os direcionamentos da Rede devem ser adotados em outros Estados, em casos em que o apoio a determinado candidato não esteja dentro do arco de alianças.

Ela também reiterou que não há possibilidade de inversão de chapas presidenciais, ou seja, de ela ser candidata à presidente e Eduardo Campos, vice. Ela disse que se quisesse ser candidata, teria que ir para outro partido.

Após a coletiva no Mercure, Marina seguiu para a sede do PSB estadual para fazer uma visita de cortesia, e depois deve se encontrar com a militância da Rede em Minas, no Crea. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave