Eto'o ganha quarto de luxo no Espírito Santo

Capitão de Camarões, jogador terá mesmas 'regalias' que técnico da seleção em espaço que chega a custar R$ 1.250 por dia

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Fecafoot, a confederação camaronesa, publica foto do hotel Sheratone
Fecafoot/Divulgação
Fecafoot, a confederação camaronesa, publica foto do hotel Sheratone

Capitão da seleção de Camarões, rival do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo, o atacante Samuel Eto'o terá tratamento diferenciado no hotel que abrigará a delegação africana em Vitória (ES).

Dos 68 quartos reservados para os camaroneses no hotel Sheraton da praia do Canto, área nobre da cidade, seis são as suítes mais luxuosas do local, de 70 metros quadrados e com diárias que chegam a R$ 1.250.

Segundo a gerência do hotel, três dessas suítes já têm destino definido: uma ficará com o atacante do Chelsea, outra com o técnico da equipe, o alemão Volker Finke, e uma delas será usada como sala de hidromassagem.

As outras suítes de luxo receberão jogadores ou membros da comissão técnica - ainda de acordo com a gerência do hotel, a delegação não divulgou os nomes.

Os demais jogadores e integrantes da delegação ficarão em suítes individuais de 35m2, de diárias entre R$ 600 e R$ 800. Já as suítes especiais possuem o dobro do tamanho, com dois cômodos, dois banheiros (um com hidromassagem) e uma TV que gira entre a sala e o quarto.

A reportagem entrou em contato com a delegação de Camarões para comentários sobre o tratamento dispensado a Eto'o, mas não havia resposta até a publicação desta reportagem.

PEDIDOS

Segundo o gerente-geral do Sheraton Vitória, Baltazar Saldanha, a seleção de Camarões não fez pedidos de difícil execução. Solicitou, segundo ele, apenas a retirada total do sal nas refeições e mais alimentos com fibras e carboidratos, além de frutas, como manga.

"A delegação não nos pediu nada de especial, apenas que cortássemos o sal das refeições. Isso não chega a 10% do que o Fluminense solicitou quando ficou hospedado aqui há três anos, em pré-temporada em Vitória", afirmou Saldanha.

Para dar privacidade dos jogadores, a piscina do local será de uso exclusivo dos atletas sempre que eles utilizarem o espaço.

Leia tudo sobre: copa do mundoeto'ochelseasuítequartosheratonevitória