Mais de 900 pássaros da fauna silvestre são recuperados no Norte de MG

Casal que transportava os animais pela MGC-135 conseguiu fugir por um matagal; Polícia Militar acredita que os pássaros seriam comercializados durante a Copa

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Os 916 pássaros eram transportados em caixas de madeira.
Polícia Militar/Divulgação
Os 916 pássaros eram transportados em caixas de madeira.

Mais de 900 pássaros da fauna silvestres foram recuperados, durante esse fim de semana, na MGC-135, em Mirabela, no Norte de Minas. Os animais eram transportados sem autorização obrigatória expedida por órgão ambiental competente.

Policiais rodoviários e da 11ª Companhia de Polícia Militar Independente de Meio Ambiente e Trânsito em operação de fiscalização, tentaram abordar um Voyage, com placas de Contagem, na altura do KM 299, mas ele fugiu, em alta velocidade por uma estrada de terra, o que deu início a uma perseguição.

Em um dado momento, os ocupantes do carro abandonaram o veículo e fugiram a pé por um matagal. O motorista e uma passageira conseguiram fugir.

Ao vistoriar o veículo, foram localizadas 45 caixas de madeira, onde estavam 916 pássaros da fauna silvestre, sendo 446 da espécie preto, 366 sofres, 37 trincas ferro, 63 cardeais, três pêgas e um gurricho. O veículo foi apreendido e removido ao pátio credenciado em Mirabela e os pássaros foram apreendidos e entregues ao Instituto Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), em Montes Claros.

Os policiais militares continuam em rastreamento na tentativa de localização e prisão dos suspeitos. A Polícia Militar acredita que os pássaros seriam para alimentar o esquema do tráfico nacional e internacional de animais da fauna silvestre brasileira, haja vista a grande quantidade de pássaros que eram transportados e pela proximidade dos eventos relativos à Copa do Mundo.

Leia tudo sobre: pássarosfauna silvestreCopa do Mundo