LeBron brilha, Heat bate Spurs no Texas e iguala série

Equipe da Flórida não tomou conhecimento de jogar na quadra do adversário e pode ser campeã se vencer partidas restantes dentro de seus domínios

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

LeBron James mais uma vez fez a diferença para o Miami Heat
DIVULGAÇÃO/HEAT
LeBron James mais uma vez fez a diferença para o Miami Heat

Depois de sofrer com cãibras no fim do jogo 1 e ser ironizado por adversários e torcedores rivais, LeBron James deu o troco na noite de domingo. Ele mostrou porque é o principal jogador da NBA na atualidade, deu show e garantiu uma importante vitória para o Miami Heat na decisão da liga. A equipe da Flórida bateu o San Antonio Spurs por 98 a 96, mesmo atuando no Texas, quebrou o mando de quadra do adversário e empatou a série em 1 a 1.

Agora, quem depende apenas de vitórias em casa para conquistar o título da NBA é o Heat, que luta pelo tricampeonato consecutivo. Por outro lado, o Spurs - time de melhor campanha na temporada - precisa vencer uma partida na Flórida para retomar a vantagem do mando de quadra. A partida número 3 acontecerá terça-feira, em Miami.

Se esteve apagado no jogo 1 e sofreu com o forte calor no AT&T Center, graças à quebra do sistema de ar condicionado, LeBron James levou o Heat nas costas na partida de domingo. O ala atuou em boa parte da partida quase como um pivô, abusando das jogadas dentro do garrafão, e deu certo. Foram 35 pontos e 10 rebotes para o líder do time da Flórida.

Apesar da grande atuação de LeBron, quem começou dominando o jogo foi Tim Duncan, autor de 11 pontos no primeiro quarto e principal responsável pela vantagem do Spurs ao fim dos 12 primeiros minutos: 26 a 19. O veterano de 38 anos terminou a partida apenas com 18 pontos, mas ele também pegou 15 rebotes, o suficiente para que se igualasse a Magic Johnson como jogador com maior número de "doubles-doubles" na história dos playoffs, com 157.

Se Duncan dominou o primeiro período, o restante da partida foi de LeBron. A grande atuação do astro, no entanto, contrastava com a péssima noite de Dwyane Wade, que errou muitos lances fáceis e parecia displicente em quadra. Com isso e com o ótimo elenco do Spurs, o jogo seguiu equilibrado até os minutos finais.

Foi aí que LeBron finalmente ganhou ajuda. Chris Bosh, apagado até então, foi decisivo no fim da partida e garantiu a vitória do Heat com uma bola de três pontos seguida de uma linda jogada, na qual entregou assistência para Wade garantir cinco pontos de vantagem a oito segundos para o final. Manu Ginóbili ainda anotou uma bola de três, mas já era tarde.

Bosh terminou com 18 pontos, enquanto Wade e Rashard Lewis contribuíram com 14 cada um. Pelo Spurs, Tony Parker foi o cestinha com 21 pontos, enquanto Ginóbili deixou o banco para marcar 19. Discreto, Tiago Splitter anotou dois pontos, deu cinco assistências e pegou seis rebotes nos 19 minutos que esteve em quadra.