Crianças vão a treino da Bósnia em busca de autógrafo no álbum da Copa

Seleção conquistou moradores de Guarujá, cidade onde está hospedada, e recebe atenção especial dos pequenos

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Enquanto a seleção da Bósnia treinava no Guarujá na noite deste domingo (8), crianças acompanhadas de seus familiares se dirigiram ao estádio Antônio Fernandes com um objetivo em comum: conseguir autógrafos no álbum de figurinhas da Copa do Mundo da Fifa.

À espera da saída dos jogadores, Guilherme de Lima Dias, 12, segurava o álbum já aberto na página da Bósnia. Fã de Dzeko, atacante do Manchester City, ele não conseguiu nenhuma assinatura, mas, em compensação, ganhou um cachecol de um dos integrantes da delegação.

Yuri Cavalcanti da Silva, 12, convocou a mãe para tentar ver os jogadores de perto e também autografar seu álbum. O estudante disse estar torcendo pela Bósnia "porque é um time mais fácil para o Brasil ganhar".

Durante o "passeio", Sara Andrade, 33, mãe do garoto, aproveitou para observar o que a chegada da seleção mudou na rotina da cidade.

"Nunca vi tanto policiamento no Guarujá. Mas os policiais estão num lugar só. Atrás da seleção da Bósnia", criticou a dona de casa.

Para o comerciante Amauri Vicente, 55, o policiamento e a iluminação nos arredores do estádio melhoraram bastante -porém, uma mudança provisória. "A cidade está muito bem maquiada. Pena que depois volta tudo ao normal", lamentou.

Pela primeira vez em uma Copa do Mundo, a seleção da Bósnia vem conquistando a simpatia de alguns moradores do Guarujá não só por ser estreante, mas, principalmente, por estar na mesma chave de um dos maiores rivais do Brasil.

"Lógico que vou torcer para a Bósnia. É contra a Argentina", disse a funcionária pública Leny Vicente, 56, aos risos.

No sábado (15), às 19h, bósnios e argentinos se enfrentam no Maracanã, na primeira rodada do Grupo F, que tem ainda Irã e Nigéria.

Leia tudo sobre: bósniatreinocriançasautógrafoguarujácopa do mundoálbum